Bem-vindos a Taberna!
Grupo do Facebook


Era do tédio ou idade do tédio?

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por El Topo em 30/8/2015, 11:29

Porra... Antes até as atividades de nerd requeriam mais socialização.

Quantas tardes eu não passei fora de casa jogando RPG de papel ou Magic: The Gathering com o povo? rs

_________________________________________
"Life is just a candle, and a dream must give it flame."
avatar
El Topo
Arcaico
Arcaico

Mensagens : 1069
Data de inscrição : 30/06/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por "V" em 30/8/2015, 12:33

a sociedade mata o tedio hoje postando como esta bem no feice. postando foto em balada com frases: "sobre ontem", postando em sushi bar e por ai vai.

Joe isso ai faz sentido tb. ja perdi muita amizade de anos por conta de besteiras do feice. eh engracado como as pessoas levam a serio.

_________________________________________
"vi veri veniversum vivus vici"
https://www.youtube.com/watch?v=b2NCtQADwQw
avatar
"V"
Webmaster
Webmaster

Mensagens : 873
Data de inscrição : 07/05/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por "V" em 30/8/2015, 12:36

outra coisa tb explica Rant:


_________________________________________
"vi veri veniversum vivus vici"
https://www.youtube.com/watch?v=b2NCtQADwQw
avatar
"V"
Webmaster
Webmaster

Mensagens : 873
Data de inscrição : 07/05/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por NicolasPK em 30/8/2015, 16:48

Joe escreveu:
NicolasPK escreveu:Sobre a apatia, vejo-a generalizada em todos nós, mas com mais força nos mais novos, o que era de se esperar, já que eles têm uma infância com atividades diferentes da nossa.

E qual a opinião dos confrades arcaicos sobre o campo de guerra virtual que as redes (anti) sociais viraram? O que as pessoas tem de apatia no mundo real elas tem de fúria no facebook.

É incrível a disposição do povo para brigar por trivialidades na internet. Se toda essa energia fosse empregada para protestar nas ruas, os grandes centros urbanos já teriam sido consumidos em chamas.

Pergunto pq me parece que as pessoas estão substituindo a vida real pela virtual. Tudo o que Rant observou que falta nas pessoas no mundo real, vc encontra no mundo virtual, só que numa versão muito piorada.

A internet sempre foi um campo de batalha. Há dez anos atrás fui ameaçado de morte (e de ação judicial) por todo tipo de gente em várias comunidades do finado Orkut, por isso achei esquisito o post daquela tu a amiga.
avatar
NicolasPK
Arcaico
Arcaico

Mensagens : 1496
Data de inscrição : 10/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Joe em 31/8/2015, 00:08

NicolasPK escreveu:
Joe escreveu:
NicolasPK escreveu:Sobre a apatia, vejo-a generalizada em todos nós, mas com mais força nos mais novos, o que era de se esperar, já que eles têm uma infância com atividades diferentes da nossa.

E qual a opinião dos confrades arcaicos sobre o campo de guerra virtual que as redes (anti) sociais viraram? O que as pessoas tem de apatia no mundo real elas tem de fúria no facebook.

É incrível a disposição do povo para brigar por trivialidades na internet. Se toda essa energia fosse empregada para protestar nas ruas, os grandes centros urbanos já teriam sido consumidos em chamas.

Pergunto pq me parece que as pessoas estão substituindo a vida real pela virtual. Tudo o que Rant observou que falta nas pessoas no mundo real, vc encontra no mundo virtual, só que numa versão muito piorada.

A internet sempre foi um campo de batalha. Há dez anos atrás fui ameaçado de morte (e de ação judicial) por todo tipo de gente em várias comunidades do finado Orkut, por isso achei esquisito o post daquela tu a amiga.

Caramba! Em que tipo de comunidades do orkut vc andava? Shocked

Até a pesquisa do google acha que o facebook tá pior que o orkut, rs

https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&ie=UTF-8#q=facebook%20%C3%A9%20pior%20que%20orkut

Mas falando sério, acho que  facebook virou esse poço de ódio maior que o orkut por causa do formato.

No seu perfil vc escreve diariamente qualquer bosta que vc quiser e tem controle absoluto. Se vc quiser, pode escrever o quanto acha o Fear the Walking Dead um lixo e, se alguém discordar, vc bloqueia.

Não era como no orkut. Se vc quisesse falar que coisa tal era uma bosta, vc teria que ir numa comunidade qualquer para expressar sua opinião. E se alguém discordasse, vc não podia simplesmente bloquear e tinha que debater. Mesmo no antro de loucos que era a OLODM, ainda assim havia um pouco de ordem que a moderação imponha e se alguém falasse algo como "todas as mulheres são vadias", teria que aguentar os discordantes e a moderação só agiria se alguma regra (geralmente a "não ofenda") fosse infrigida. Mas no facebook não é assim. Na sua linha do tempo vc diz o que quer e bloqueia quem te desagrada. Se a pessoa que discordou está certa ou não, não importa.

O que estou tentando dizer é que o facebook estimula um tipo de síndrome de "dono do mundo". Na sua Linha do Tempo vc pode falar o que quiser e não precisa ouvir opiniões discordantes. Isso estimula sua intolerância e a sensação de que a sua Linha do Tempo é seu mundinho no qual vc é o Deus Todo-poderoso.

(No mundo real não é assim. Pessoas vão te contrariar e vc não pode simplesmente bloqueá-las. Vc tem que aprender a lidar com contrariedades e saber defender suas ideias, ou se defender na porrada mesmo, pq não existe a opção "bloquear" no mundo real)

Mas além do facebook, apesar do formato propício a incentivar uma mentalidade "minha linha do tempo é meu mundinho e ninguém pode me contrariar", há também o fator externo do fenômeno da Justiça Social. O facebook é o veículo perfeito para esse tipo de atitude se alastrar.

Ps: tá acompanhado o Fear the Walking Dead?

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3507
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por NicolasPK em 31/8/2015, 13:26

Joe escreveu:
NicolasPK escreveu:
Joe escreveu:
NicolasPK escreveu:Sobre a apatia, vejo-a generalizada em todos nós, mas com mais força nos mais novos, o que era de se esperar, já que eles têm uma infância com atividades diferentes da nossa.

E qual a opinião dos confrades arcaicos sobre o campo de guerra virtual que as redes (anti) sociais viraram? O que as pessoas tem de apatia no mundo real elas tem de fúria no facebook.

É incrível a disposição do povo para brigar por trivialidades na internet. Se toda essa energia fosse empregada para protestar nas ruas, os grandes centros urbanos já teriam sido consumidos em chamas.

Pergunto pq me parece que as pessoas estão substituindo a vida real pela virtual. Tudo o que Rant observou que falta nas pessoas no mundo real, vc encontra no mundo virtual, só que numa versão muito piorada.

A internet sempre foi um campo de batalha. Há dez anos atrás fui ameaçado de morte (e de ação judicial) por todo tipo de gente em várias comunidades do finado Orkut, por isso achei esquisito o post daquela tu a amiga.

Caramba! Em que tipo de comunidades do orkut vc andava? Shocked

Até a pesquisa do google acha que o facebook tá pior que o orkut, rs

https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&ie=UTF-8#q=facebook%20%C3%A9%20pior%20que%20orkut

Mas falando sério, acho que  facebook virou esse poço de ódio maior que o orkut por causa do formato.

No seu perfil vc escreve diariamente qualquer bosta que vc quiser e tem controle absoluto. Se vc quiser, pode escrever o quanto acha o Fear the Walking Dead um lixo e, se alguém discordar, vc bloqueia.

Não era como no orkut. Se vc quisesse falar que coisa tal era uma bosta, vc teria que ir numa comunidade qualquer para expressar sua opinião. E se alguém discordasse, vc não podia simplesmente bloquear e tinha que debater. Mesmo no antro de loucos que era a OLODM, ainda assim havia um pouco de ordem que a moderação imponha e se alguém falasse algo como "todas as mulheres são vadias", teria que aguentar os discordantes e a moderação só agiria se alguma regra (geralmente a "não ofenda") fosse infrigida. Mas no facebook não é assim. Na sua linha do tempo vc diz o que quer e bloqueia quem te desagrada. Se a pessoa que discordou está certa ou não, não importa.

O que estou tentando dizer é que o facebook estimula um tipo de síndrome de "dono do mundo". Na sua Linha do Tempo vc pode falar o que quiser e não precisa ouvir opiniões discordantes. Isso estimula sua intolerância e a sensação de que a sua Linha do Tempo é seu mundinho no qual vc é o Deus Todo-poderoso.

(No mundo real não é assim. Pessoas vão te contrariar e vc não pode simplesmente bloqueá-las. Vc tem que aprender a lidar com contrariedades e saber defender suas ideias, ou se defender na porrada mesmo, pq não existe a opção "bloquear" no mundo real)

Mas além do facebook, apesar do formato propício a incentivar uma mentalidade "minha linha do tempo é meu mundinho e ninguém pode me contrariar", há também o fator externo do fenômeno da Justiça Social. O facebook é o veículo perfeito para esse tipo de atitude se alastrar.

Ps: tá acompanhado o Fear the Walking Dead?

Na Black Metal Brasil e as que vieram depois fui ameaçado pelo menos por cinco sujeitos (a do 7CAMPAS desconsiderarei), sendo um deles de uma banda razoavelmente famosa no meio (Mythological Cold Towers). Disse ele que passaria o "rolo compressor corintiano (ou paulista, não lembro ao certo)" sobre mim.

Lady of Blood, da banda Occultan, ameaçou tomar as medidas legais cabíveis contra a minha pessoa.

Na Orgulho Branco/Eurodescendentes fui ameaçado por nazistas, skinheads, white pardos e, inclusive, nazi-ocultistas.

Teve uma época que fiz um dossiê sobre uma banda nazista daqui de Porto Alegre. Foi uma chuva de ameaças e intimidação.

Sim, eu usava perfil verdadeiro, com foto e álbum desbloqueado Evil or Very Mad
avatar
NicolasPK
Arcaico
Arcaico

Mensagens : 1496
Data de inscrição : 10/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por NicolasPK em 31/8/2015, 13:27

Não estou acompanhando ainda, tenho que finalizar outras séries. Pelo que tu diz, parece estar boa.
avatar
NicolasPK
Arcaico
Arcaico

Mensagens : 1496
Data de inscrição : 10/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Rant Casey em 31/8/2015, 13:47

Shiva escreveu:O tal folclore dos zumbis é nada mais nada menos do que uma analogia bastante clara da nossa vida social.
Os zumbis são pessoas que não sabem falar ou se expressar, só sabem grunhir e gemer, andam por aí sem rumo nem objetivo, com apenas um instinto de transformar outras pessoas saudáveis em zumbis, forçadamente. Apenas instinto, não há sentimentos, apenas egoísmo.
Aos que ainda resistem, precisam se esconder, se unir, para continuarem com seu direito de pensar e falar, de criar e de manter seus princípios intactos. Os vivos, vivem a fugir dos mortos, por isso se excluem e se sentem sozinhos na multidão.
O que vemos são espécies de mortos vivos, andando, com sentimentos artificiais plantados por outras pessoas que fingem saber o que é amor, o que é compaixão ou quaisquer outras virtudes e capacidades.
O apocalipse zumbi está entre nós, e não há cura, pois o vírus funciona como as ideologias, se alastram facilmente, e é quase impossível retirar da mente de alguém.
Estar respirando, não significa que você está realmente vivo.

Perfeito manolo. É bem essa a veia da minha opinião anterior sobre o porquê da moda de zumbis.


_________________________________________
Guess what? I have a fever. And the only prescription is more cowbell!
https://www.youtube.com/watch?v=fyV2cPLuFuA

SKAVURSKA!
avatar
Rant Casey
Pontifex Anarco-DadaMestre
Pontifex Anarco-DadaMestre

Mensagens : 2360
Data de inscrição : 14/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Rant Casey em 31/8/2015, 14:05

Joe escreveu:
NicolasPK escreveu:Sobre a apatia, vejo-a generalizada em todos nós, mas com mais força nos mais novos, o que era de se esperar, já que eles têm uma infância com atividades diferentes da nossa.

E qual a opinião dos confrades arcaicos sobre o campo de guerra virtual que as redes (anti) sociais viraram? O que as pessoas tem de apatia no mundo real elas tem de fúria no facebook.

É incrível a disposição do povo para brigar por trivialidades na internet. Se toda essa energia fosse empregada para protestar nas ruas, os grandes centros urbanos já teriam sido consumidos em chamas.

Pergunto pq me parece que as pessoas estão substituindo a vida real pela virtual. Tudo o que Rant observou que falta nas pessoas no mundo real, vc encontra no mundo virtual, só que numa versão muito piorada.


Quanto mais me retraio de redes sociais, mais vida social tenho tido, e MENOS disposição pra discutir ou "intervir" nessa câmara de ecos (recheada de retardados com apitos) que é a internet.

Ao mesmo tempo, mais acentuada a sensação que o Shiva descreveu de estar rodeado de zumbis - de pertencer a uma espécie em descompasso com o restante.

Bom, mas a fúria na internet: ela é justamente porque é um meio SEGURO (obsessão com segurança como dizes) de ser hostil. Sem consequências imediatas. A pessoa precisa observar apenas a respeito do que e quando ela pode ser hostil (reportando-se ao Comissariado de Correção Política) para evitar consequências palpáveis em sua vida (porque se manifestar o tipo errado de hostilidade, aí pode ser demitido, ser moralmente e socialmente realiado/linchado por convivas etc).

Digamos o seguinte: o mundo real opera com um deterrente, bem ao modo da lógica de "paz armada". João não diz pra Maria que ela está gorda porque sabe que Maria sabe (Joana que lhe contou) que Mariana disse que João brochou o dia que levou-a ao motel. Um acordo tácito entre as pessoas existe no mundo real em que você segura a onda do seu ego para que os outros não soltem os cachorros dos egos deles sobre o seu.

Esse deterrente assegura o bom funcionamento social entre pessoas saudáveis e com rabo preso (ter o rabo preso assegura por sua vez um comportamento mais moderado heh).

MAS... é evidente que não estamos, cada vez mais eu acho, entre pessoas saudáveis. A média humana nos grandes centros tem mostrado graus elevados de Narcisismo, e narcisistas não conseguem derivar satisfação de relações equilibradas com as pessoas. Eles precisam de validação. A internet possibilita validação através de apreciação dos outros (sob a forma de likes ou as pessoas me achando genial no forum da ESA), e ao mesmo tempo, aprofunda o narcisismo desses indivíduos.

O que faz um Narcisista clínico quando contrariado? Surta.

Na internet é seguro para um narcisista contrariado surtar. Não há chance de alguém enfiar a mão na cara dele, no máximo um block - e nesse ponto o mecanismo do Face não é digamos pior que o funcionamento do Orkut, ele é uma continuidade, ele atende a uma "escalada armamentista" de narcisistas, a necessidade de maiores "recursos" contra quem lhes faz sentirem-se invalidados. Por isso o Orkut faliu oras... os narcisistas tinham mais adubo no face pra se criar, simples.

Fúria de Facebook ou Tuíter é uma parte apenas do funcionamento da personalidade narcisista - narcisistas surtam quando contrariados. Todo o restante do funcionamento do Face também visa acomodar personalidades narcisistas: a superficialidade das distrações, a possibilidade de validação automática sem que a pessoa necessariamente precise despender o esforço de acrescentar algo de apreciável sobre a Terra, etc.

Socialmente falando, um narcisista prefere passar frio do ter que colaborar com alguém que discorde dele, e irem ambos catar lenha pra fazer fogo. A maioria das pessoas, manteria em cheque seus traços narcísicos se necessitasse ainda de moderar-se para poder cooperar e realizar coisas (como aquecer-se ou jogar uma pelada). A profusão de substitutos que permitam às pessoas não terem de cooperar para suprirem suas necessidades, e não terem de criar nada de apreciável (seja um evento social! modesto que seja) para serem validadas, faz com que adotem os meios mais fáceis e menos dispendiosos.

Moral da história? É provavel que as pessoas estejam mais narcisistas apenas porque podem, sem que isso signifique passarem aperto. Fúria de Facebook assim parece apenas a "ponta do zuckerberg". Pode haver mais nisso. Dá pra encaixar o usuário compulsivo de redes anti-sociais quase que inteiramente dentro de uma categoria clínica em seu próprio direito.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_de_personalidade_narcisista

Wiki Pedo escreveu:Os sintomas, conforme definido no DSM-IV incluem:

Expectativa de reconhecimento sem atributos correspondentes;
Demanda por constante atenção;
Inveja crônica e crença de ser alvo de inveja;
Obsessão por fantasias de poder, genialidade, beleza ou riqueza;
Dificuldade em nutrir empatia pelos outros;
Atitudes arrogantes;
Exigência de tratamento especial sem fundamento.

Vê se não é o seu conhecido que só é visto no facebook, cuspido e escarrado?

_________________________________________
Guess what? I have a fever. And the only prescription is more cowbell!
https://www.youtube.com/watch?v=fyV2cPLuFuA

SKAVURSKA!
avatar
Rant Casey
Pontifex Anarco-DadaMestre
Pontifex Anarco-DadaMestre

Mensagens : 2360
Data de inscrição : 14/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Joe em 31/8/2015, 15:06

Rant Casey escreveu:
Shiva escreveu:O tal folclore dos zumbis é nada mais nada menos do que uma analogia bastante clara da nossa vida social.
Os zumbis são pessoas que não sabem falar ou se expressar, só sabem grunhir e gemer, andam por aí sem rumo nem objetivo, com apenas um instinto de transformar outras pessoas saudáveis em zumbis, forçadamente. Apenas instinto, não há sentimentos, apenas egoísmo.
Aos que ainda resistem, precisam se esconder, se unir, para continuarem com seu direito de pensar e falar, de criar e de manter seus princípios intactos. Os vivos, vivem a fugir dos mortos, por isso se excluem e se sentem sozinhos na multidão.
O que vemos são espécies de mortos vivos, andando, com sentimentos artificiais plantados por outras pessoas que fingem saber o que é amor, o que é compaixão ou quaisquer outras virtudes e capacidades.
O apocalipse zumbi está entre nós, e não há cura, pois o vírus funciona como as ideologias, se alastram facilmente, e é quase impossível retirar da mente de alguém.
Estar respirando, não significa que você está realmente vivo.

Perfeito manolo. É bem essa a veia da minha opinião anterior sobre o porquê da moda de zumbis.


Dá para fazer mais um acréscimo a essa analogia com zumbis.

É comum em histórias de apocalipse zumbi um vírus ser o responsável por transformar as pessoas em mortos-vivos.

No caso as redes (anti) sociais, e internet em geral, seriam o equivalente ao vírus zumbi.

Depois de ler o Manifesto do Unabomber, tenho lido autores que analisam essa relação entre homem e tecnologia (como The Failure of Tecnology do Friedrich Junger, o irmão do Ernst, e cujas ideias tem muito em comum com o Ted).

Existe toda uma corrente de pensamento, embora não seja uma escola intelectual organizada, que defende a seguinte ideia: a tecnologia modifica o comportamento humano.

Segundo essa corrente, um carro não é apenas um veículo para se ir de um ponto a outro. O veículo modifica seu comportamento. Dentro do carro vc fica mais agressivo, mais competitivo, etc. Lembram do desenho do Pateta que tinha o Sr. Andante e o Sr. Volante? O Pateta é calmo  quando está a pé, mas quando entra no carro, fica agressivo. É uma coisa bem o Médico e o Monstro.


Lembram do meu antigo nick Jack Deth? Ele é o personagem principal do filme Trancers e é um policial do futuro que caça umas criaturas que são uma espécie de variação de zumbi (os "trancers" que dão o nome ao filme), que antes eram pessoas normais que foram transformadas por um tipo de cientista louco. Em determinado momento a mocinha do filme pergunta para o Jack "pq vc e eu não somos transformados em Trancers?" e Jack responde, "vc é forte. Apenas pessoas de personalidade fraca podem ser transformadas em Trancers".

Trouxe o velho Jack Deth de volta dos mortos para estabelecer que não são todos que podem ser vitimizados pelo vírus rede (anti) social e transformados em trancers zumbis narcisistas. Ou seja, não estou dizendo que é culpa da tecnologia em si. Depende tbm de quem está atrás do volante ou teclado. Nesse caso a tecnologia seria apenas um agente catalizador de uma tendência inata do indivíduo, assim como apenas pessoas de personalidade fraca podem ser transformadas em Trancers.

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3507
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por El Topo em 31/8/2015, 15:25

NicolasPK escreveu:
Joe escreveu:
NicolasPK escreveu:
Joe escreveu:
NicolasPK escreveu:Sobre a apatia, vejo-a generalizada em todos nós, mas com mais força nos mais novos, o que era de se esperar, já que eles têm uma infância com atividades diferentes da nossa.

E qual a opinião dos confrades arcaicos sobre o campo de guerra virtual que as redes (anti) sociais viraram? O que as pessoas tem de apatia no mundo real elas tem de fúria no facebook.

É incrível a disposição do povo para brigar por trivialidades na internet. Se toda essa energia fosse empregada para protestar nas ruas, os grandes centros urbanos já teriam sido consumidos em chamas.

Pergunto pq me parece que as pessoas estão substituindo a vida real pela virtual. Tudo o que Rant observou que falta nas pessoas no mundo real, vc encontra no mundo virtual, só que numa versão muito piorada.

A internet sempre foi um campo de batalha. Há dez anos atrás fui ameaçado de morte (e de ação judicial) por todo tipo de gente em várias comunidades do finado Orkut, por isso achei esquisito o post daquela tu a amiga.

Caramba! Em que tipo de comunidades do orkut vc andava? Shocked

Até a pesquisa do google acha que o facebook tá pior que o orkut, rs

https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&ie=UTF-8#q=facebook%20%C3%A9%20pior%20que%20orkut

Mas falando sério, acho que  facebook virou esse poço de ódio maior que o orkut por causa do formato.

No seu perfil vc escreve diariamente qualquer bosta que vc quiser e tem controle absoluto. Se vc quiser, pode escrever o quanto acha o Fear the Walking Dead um lixo e, se alguém discordar, vc bloqueia.

Não era como no orkut. Se vc quisesse falar que coisa tal era uma bosta, vc teria que ir numa comunidade qualquer para expressar sua opinião. E se alguém discordasse, vc não podia simplesmente bloquear e tinha que debater. Mesmo no antro de loucos que era a OLODM, ainda assim havia um pouco de ordem que a moderação imponha e se alguém falasse algo como "todas as mulheres são vadias", teria que aguentar os discordantes e a moderação só agiria se alguma regra (geralmente a "não ofenda") fosse infrigida. Mas no facebook não é assim. Na sua linha do tempo vc diz o que quer e bloqueia quem te desagrada. Se a pessoa que discordou está certa ou não, não importa.

O que estou tentando dizer é que o facebook estimula um tipo de síndrome de "dono do mundo". Na sua Linha do Tempo vc pode falar o que quiser e não precisa ouvir opiniões discordantes. Isso estimula sua intolerância e a sensação de que a sua Linha do Tempo é seu mundinho no qual vc é o Deus Todo-poderoso.

(No mundo real não é assim. Pessoas vão te contrariar e vc não pode simplesmente bloqueá-las. Vc tem que aprender a lidar com contrariedades e saber defender suas ideias, ou se defender na porrada mesmo, pq não existe a opção "bloquear" no mundo real)

Mas além do facebook, apesar do formato propício a incentivar uma mentalidade "minha linha do tempo é meu mundinho e ninguém pode me contrariar", há também o fator externo do fenômeno da Justiça Social. O facebook é o veículo perfeito para esse tipo de atitude se alastrar.

Ps: tá acompanhado o Fear the Walking Dead?

Na Black Metal Brasil e as que vieram depois fui ameaçado pelo menos por cinco sujeitos (a do 7CAMPAS desconsiderarei), sendo um deles de uma banda razoavelmente famosa no meio (Mythological Cold Towers). Disse ele que passaria o "rolo compressor corintiano (ou paulista, não lembro ao certo)" sobre mim.

Lady of Blood, da banda Occultan, ameaçou tomar as medidas legais cabíveis contra a minha pessoa.

Na Orgulho Branco/Eurodescendentes fui ameaçado por nazistas, skinheads, white pardos e, inclusive, nazi-ocultistas.

Teve uma época que fiz um dossiê sobre uma banda nazista daqui de Porto Alegre. Foi uma chuva de ameaças e intimidação.

Sim, eu usava perfil verdadeiro, com foto e álbum desbloqueado  Evil or Very Mad

Desculpe postar um assunto OFF, mas... Tu conhecia o 7Campas? HAHAHA

O cara era pinel.

"Você afirma Satan?"

Hahahaha.

Orgulho Branco só dava pardo que se achava ariano. Os caras eram muito comédia.

_________________________________________
"Life is just a candle, and a dream must give it flame."
avatar
El Topo
Arcaico
Arcaico

Mensagens : 1069
Data de inscrição : 30/06/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por El Topo em 31/8/2015, 15:30

Uma das únicas redes sociais úteis é o LinkedIn. Pelo menos auxilia o sujeito em seus assuntos profissionais.

Dizem que a diferença entre o remédio e o veneno é a dose, mas o problema é que a maioria das redes sociais oferecem privacidade mínima. Prato cheio para att-whores, urubus virtuais e zumbis.

_________________________________________
"Life is just a candle, and a dream must give it flame."
avatar
El Topo
Arcaico
Arcaico

Mensagens : 1069
Data de inscrição : 30/06/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Seu Fausto em 31/8/2015, 19:30

Pegando só uma parte da vida, uma coisa que está chata pra caramba é a indústria do entretenimento: já contaram quase todas as histórias em filmes, não existe mais um ídolo brutões da música (como Michael Jackson, p.ex.), hoje temos infinitos cantores e infinitas bandas ... que surgem e desaparecem. Games nunca mais consegui jogar sozinho ... tudo muito chato ...
avatar
Seu Fausto
Newbie
Newbie

Mensagens : 57
Data de inscrição : 11/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Joe em 1/9/2015, 00:57

El Topo escreveu:Uma das únicas redes sociais úteis é o LinkedIn. Pelo menos auxilia o sujeito em seus assuntos profissionais.

Dizem que a diferença entre o remédio e o veneno é a dose, mas o problema é que a maioria das redes sociais oferecem privacidade mínima. Prato cheio para att-whores, urubus virtuais e zumbis.

Dizem que o que afundou o orkut foi aquele esquema de poder ver quem visita seu perfil e vice-versa. Pessoas gostam de bisbilhotar o perfil dos outros sem se revelarem aos outros. Apesar do facebook oferecer a opção "block", não tem disso de saber quem viu seu perfil.

Facebook acaba agradando tanto os bisbilhoteiros (ao não oferecer a opção "visualize quem viu seu perfil) e quem quer privacidade (com a opção "block").

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3507
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Ashura em 1/9/2015, 01:33

Dava pra desativar isso no orkut. Daí tu não via quem olhou teu perfil e ninguém via que tu olhou o perfil deles. E não era nenhum segredo.

Na verdade aqui no "basil" o que rolou foi simplesmente cacoantibismo.

Orkut se popularizou e ficou cheio de pobre e a classe média queria uma rede social "de rico", daí foram pro facebook pq lá não tinha pobre. O que acontece é que pobre também gosta de seguir modas, então todos os pobres foram pro facebook tb e fim de história. Orkut virou um boteco frequentado por meia dúzia de bêbados.

...

Tb tem aquela coisa de que o formato do orkut (Um fórum de internet clássico, como este, só que multiplicado ao infinito. Orkut não era uma rede social no sentido moderno, era um conjunto de fóruns) estimulava "discussões construtivas" enquanto o do facebook estimula putaria (N que não tivesse no orkut... Só ver depoimentos que não eram pra ser aceitos rs.) marketing e discussões de retardado mental machão de teclado (Que nem o youtube. Nos comentários do youtube só falam merda).

No orkut presumivelmente já haveria uma pré-seleção. Era raro aperecer algum "hater" na ESA-orkut e quando aparecesse sempre podia banir. Mas discussões do facebook é pra todo mundo ver, o próprio formato implora por polêmica.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.

Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3945
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Ashura em 1/9/2015, 01:48

...

Pobres imitam a classe média que imita os ricos, que como esses antes deles, tb não querem se misturar com as classes inferiores.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.

Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3945
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Joe em 1/9/2015, 03:26

Ashura escreveu:Dava pra desativar isso no orkut. Daí tu não via quem olhou teu perfil e ninguém via que tu olhou o perfil deles. E não era nenhum segredo..

Sim, mas tinha gente que queria saber quem é que visitava o seu perfil (narcisismo). Desativado, não era possível. Lembro ter visto em algum lugar isso ser apontado como um fator.

Mas concordo com o resto. Houve uma cacoantibização que levou todos para o face.


Última edição por Joe em 1/9/2015, 03:37, editado 2 vez(es)

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3507
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Joe em 1/9/2015, 03:35

Rant Casey escreveu: MAS... é evidente que não estamos, cada vez mais eu acho, entre pessoas saudáveis. A média humana nos grandes centros tem mostrado graus elevados de Narcisismo, e narcisistas não conseguem derivar satisfação de relações equilibradas com as pessoas. Eles precisam de validação. A internet possibilita validação através de apreciação dos outros (sob a forma de likes ou as pessoas me achando genial no forum da ESA), e ao mesmo tempo, aprofunda o narcisismo desses indivíduos.

E pelo jeito o problema de falta de pessoas saudáveis está tbm em lugares nem tão grandes assim. Seu post começou com vc falando da apatia e letargia de pessoas de sua cidade, que não é nenhuma grande metrópole.

Meu palpite é que, com a internet, já não faz tanta diferença* estar num grande centro urbano ou não. As Redes (anti) sociais alimentam o narcisismo onde quer que esteja.

(*Embora concorde que nos grandes centros urbanos a situação parece ser mais grave)

Tvlz essa apatia/letargia/narcisismo esteja chegando a cidades menores pq as redes sociais dão a impressão de que o mundo é um lugar pequeno. Dessa forma, as pessoas querem se sentir parte da "aldeia global".

Uma coisa que tenho notado é como no face o povo fala como se fosse americano ou europeu. Lembra daquela história que contei de gente reclamando sobre uma notícia de "machismo" em eventos nerds por causa de meninas apalpadas? E teve um sujeito que organiza esses eventos que disse que falou com as moças que fazem Cosplay no Brasil e nenhuma relatou problema algum.

Então eu abri o link da notícia disse o óbvio, mas que ninguém tinha se dado conta: "gente, vcs não viram que o caso aconteceu nos Estados Unidos?"

Entende? Uma canadense fala em "cultura de estupro" em Montreal e tá todo mundo repetindo essa merda aqui sem o menor senso crítico, como se o Canadá ficasse ao lado do Brasil junto com o Uruguai.

As redes sociais provocaram numa perda de identidade regional, local e até mesmo individual. Você não é mais o brasileiro ou o paulista ou o gaúcho ou mesmo o "fulano de tal". Vc é o "cidadão da internet". Vc é o que vc escreve na sua linha do tempo. Vc é as fotos do seu perfil.

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3507
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Ashura em 1/9/2015, 04:22

"A internet possibilita validação através de apreciação dos outros (sob a forma de likes ou as pessoas me achando genial no forum da ESA), e ao mesmo tempo, aprofunda o narcisismo desses indivíduos."

Não tinha visto isso. Hahahahaha

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.

Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3945
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Ashura em 1/9/2015, 04:23

Joe escreveu:
Rant Casey escreveu: MAS... é evidente que não estamos, cada vez mais eu acho, entre pessoas saudáveis. A média humana nos grandes centros tem mostrado graus elevados de Narcisismo, e narcisistas não conseguem derivar satisfação de relações equilibradas com as pessoas. Eles precisam de validação. A internet possibilita validação através de apreciação dos outros (sob a forma de likes ou as pessoas me achando genial no forum da ESA), e ao mesmo tempo, aprofunda o narcisismo desses indivíduos.

E pelo jeito o problema de falta de pessoas saudáveis está tbm em lugares nem tão grandes assim. Seu post começou com vc falando da apatia e letargia de pessoas de sua cidade, que não é nenhuma grande metrópole.

Meu palpite é que, com a internet, já não faz tanta diferença* estar num grande centro urbano ou não. As Redes (anti) sociais alimentam o narcisismo onde quer que esteja.

(*Embora concorde que nos grandes centros urbanos a situação parece ser mais grave)

Tvlz essa apatia/letargia/narcisismo esteja chegando a cidades menores pq as redes sociais dão a impressão de que o mundo é um lugar pequeno. Dessa forma, as pessoas querem se sentir parte da "aldeia global".

Uma coisa que tenho notado é como no face o povo fala como se fosse americano ou europeu. Lembra daquela história que contei de gente reclamando sobre uma notícia de "machismo" em eventos nerds por causa de meninas apalpadas? E teve um sujeito que organiza esses eventos que disse que falou com as moças que fazem Cosplay no Brasil e nenhuma relatou problema algum.

Então eu abri o link da notícia disse o óbvio, mas que ninguém tinha se dado conta: "gente, vcs não viram que o caso aconteceu nos Estados Unidos?"

Entende? Uma canadense fala em "cultura de estupro" em Montreal e tá todo mundo repetindo essa merda aqui sem o menor senso crítico, como se o Canadá ficasse ao lado do Brasil junto com o Uruguai.

As redes sociais provocaram numa perda de identidade regional, local e até mesmo individual. Você não é mais o brasileiro ou o paulista ou o gaúcho ou mesmo o "fulano de tal". Vc é o "cidadão da internet". Vc é o que vc escreve na sua linha do tempo. Vc é as fotos do seu perfil.

Aqui na nossa cidade, isso chega pelo meio universitário.

Uma vez outro conterrâneo comentou aqui ou na ESA-orkut, que a universidade traz uma onda de viados de outras partes do país.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.

Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3945
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Ashura em 1/9/2015, 04:27

Seu Fausto escreveu:Pegando só uma parte da vida, uma coisa que está chata pra caramba é a indústria do entretenimento: já contaram quase todas as histórias em filmes, não existe mais um ídolo brutões da música (como Michael Jackson, p.ex.), hoje temos infinitos cantores e infinitas bandas ... que surgem e desaparecem.  Games nunca mais consegui jogar sozinho ... tudo muito chato ...

Resumindo, tá tudo altamente saturado.

Mas no caso de filmes ruins, boa parte da ruindade é a necessidade do filme ser politicamente correto...

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.

Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3945
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Ashura em 1/9/2015, 04:37

"Na Orgulho Branco/Eurodescendentes fui ameaçado por nazistas, skinheads, white pardos e, inclusive, nazi-ocultistas." - Nícolas

O que exatamente tu falou/falava lá?

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.

Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3945
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Rant Casey em 1/9/2015, 09:55

Ashura escreveu:"A internet possibilita validação através de apreciação dos outros (sob a forma de likes ou as pessoas me achando genial no forum da ESA), e ao mesmo tempo, aprofunda o narcisismo desses indivíduos."

Não tinha visto isso. Hahahahaha

Um pouco de auto crítica e auto ironia é absolutamente necessário. heh

_________________________________________
Guess what? I have a fever. And the only prescription is more cowbell!
https://www.youtube.com/watch?v=fyV2cPLuFuA

SKAVURSKA!
avatar
Rant Casey
Pontifex Anarco-DadaMestre
Pontifex Anarco-DadaMestre

Mensagens : 2360
Data de inscrição : 14/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por NicolasPK em 1/9/2015, 14:14

Ashura escreveu:"Na Orgulho Branco/Eurodescendentes fui ameaçado por nazistas, skinheads, white pardos e, inclusive, nazi-ocultistas." - Nícolas

O que exatamente tu falou/falava lá?

A treta maior foi contra um grupo de nazistas esquisitos. Lembro que era uma tiazona, o filho dela (um gordinho nordicista) e o cão de guarda, que era um maromba white pardo. Não lembro ao certo o que gerou a treta, é coisa de dez anos atrás, mas deve ter sido uma amiga judia que eu tinha, a bizarrice do grupo e o que esse pessoal defendia.
avatar
NicolasPK
Arcaico
Arcaico

Mensagens : 1496
Data de inscrição : 10/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Joe em 1/9/2015, 14:17

Ashura escreveu:
Seu Fausto escreveu:Pegando só uma parte da vida, uma coisa que está chata pra caramba é a indústria do entretenimento: já contaram quase todas as histórias em filmes, não existe mais um ídolo brutões da música (como Michael Jackson, p.ex.), hoje temos infinitos cantores e infinitas bandas ... que surgem e desaparecem.  Games nunca mais consegui jogar sozinho ... tudo muito chato ...

Resumindo, tá tudo altamente saturado.

Mas no caso de filmes ruins, boa parte da ruindade é a necessidade do filme ser politicamente correto...

E tbm pq os gênios do cinema estão morrendo e novos não estão aparecendo.

Morre Wes Craven, pai de Freddy Krueger e criador de 'Pânico'
http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2015/08/1675732-morre-wes-craven-criador-de-panico-e-freddy-krueger.shtml

Perguntaram que grande mestre do cinema do horror temos hoje? É só cineasta meia boca tipo Rob Zombie. Hj não temos nada no nível de um Craven ou John Carpenter.

Se a decadência de uma sociedade pode ser medida pela incapacidade desta de produzir novos gênios, então estamos começando a ir ladeira abaixo.

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3507
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era do tédio ou idade do tédio?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum