Bem-vindos a Taberna!
Grupo do Facebook


Michel Houllebecq detona a modernidade francesa

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Michel Houllebecq detona a modernidade francesa

Mensagem por Ashura em 2/12/2015, 15:36

E vocês iam ficar de bundinha pra cima pra rezar?

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.

Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3944
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Michel Houllebecq detona a modernidade francesa

Mensagem por lucasao em 2/12/2015, 15:40

Caras, não sei como vocês conseguem achar que uma vida sem bacon pode ser digna.
Pode descer até o anjo Gabriel, sem bacon nada feito.

avatar
lucasao
Aspirante a Dadaísta
Aspirante a Dadaísta

Mensagens : 429
Data de inscrição : 27/10/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Michel Houllebecq detona a modernidade francesa

Mensagem por Joe em 2/12/2015, 16:01

NicolasPK escreveu:
Rant Casey escreveu:Acho belo e moral converter-se o islã pela aposentadoria.

Enquanto carne de porco não te dá indigestão e o médico permite beber álcool, você o faz. Quando isso não tem mais utilidade mesmo... aí você larga com um bônus.

Principalmente se a aposentadoria for mais gorda do que um belo e suculento lombo. Só creio que com o pessoal muçulmano não dê para brincar de cristão novo (muçulmano novo?), tal qual os judeus na América Latina.

Spoiler:
O protagonista acaba tendo seu emprego de volta na condição de se converter ao islamismo. É interessante pq o regime, que precisava de intelectuais gabaritados para dar brilho ao corpo docente da Sorbonne, mudam de ideia e "compram" o protagonista oferecendo não apenas o cargo de volta com um salário maior, mas tbm arranjando umas esposas gostosas e prendadas para ele.

E ele se converte, mas é bem por conveniência mesmo. Lembra até os personagens jungerianos, indiferente a política e que fazem o que for necessário para garantir uma boa vida.

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3506
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Michel Houllebecq detona a modernidade francesa

Mensagem por NicolasPK em 2/12/2015, 16:04

lucasao escreveu:Caras, não sei como vocês conseguem achar que uma vida sem bacon pode ser digna.
Pode descer até o anjo Gabriel, sem bacon nada feito.


Não é nem pelo bacon, mas a carne de porco e os seus derivados em geral são imprescindíveis para uma existência digna. Esqueça todas as incontáveis maravilhas da engenharia alemã. A maior contribuição da raça germânica à humanidade é a arte de preparar com maestria a carne suína.
avatar
NicolasPK
Arcaico
Arcaico

Mensagens : 1496
Data de inscrição : 10/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Michel Houllebecq detona a modernidade francesa

Mensagem por lucasao em 2/12/2015, 16:18

NicolasPK escreveu:Não é nem pelo bacon, mas a carne de porco e os seus derivados em geral são imprescindíveis para uma existência digna. Esqueça todas as incontáveis maravilhas da engenharia alemã. A maior contribuição da raça germânica à humanidade é a arte de preparar com maestria a carne suína.

Palavra da salvação.
avatar
lucasao
Aspirante a Dadaísta
Aspirante a Dadaísta

Mensagens : 429
Data de inscrição : 27/10/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Michel Houllebecq detona a modernidade francesa

Mensagem por Ashura em 2/12/2015, 19:46

NicolasPK escreveu:
lucasao escreveu:Caras, não sei como vocês conseguem achar que uma vida sem bacon pode ser digna.
Pode descer até o anjo Gabriel, sem bacon nada feito.


Não é nem pelo bacon, mas a carne de porco e os seus derivados em geral são imprescindíveis para uma existência digna. Esqueça todas as incontáveis maravilhas da engenharia alemã. A maior contribuição da raça germânica à humanidade é a arte de preparar com maestria a carne suína.

Gosto muito de linguiça de porco.

(Sem gracinhas, por favor).

 

Outras delícias como bacon etc também são imprescindíveis.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.

Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3944
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Michel Houllebecq detona a modernidade francesa

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum