Bem-vindos a Taberna!
Grupo do Facebook


THE SEXODUS: Herbs versão européia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Joe em 4/12/2014, 19:49

"My generation of boys is f**ked," says Rupert, a young German video game enthusiast I've been getting to know over the past few months. "Marriage is dead. Divorce means you're screwed for life. Women have given up on monogamy, which makes them uninteresting to us for any serious relationship or raising a family. That's just the way it is. Even if we take the risk, chances are the kids won't be ours. In France, we even have to pay for the kids a wife has through adulterous affairs.
"In school, boys are screwed over time and again. Schools are engineered for women. In the US, they force-feed boys Ritalin like Skittles to shut them up. And while girls are favoured to fulfil quotas, men are slipping into distant second place.
"Nobody in my generation believes they're going to get a meaningful retirement. We have a third or a quarter of the wealth previous generations had, and everyone's fleeing to higher education to stave off unemployment and poverty because there are no jobs.
"All that wouldn't be so bad if we could at least dull the pain with girls. But we're treated like paedophiles and potential rapists just for showing interest. My generation are the beautiful ones," he sighs, referring to a 1960s experiment on mice that supposedly predicted a grim future for the human race.
After overpopulation ran out of control, the female mice in John Calhoun's "mouse universe" experiment stopped breeding, and the male mice withdrew from the company of others entirely, eating, sleeping, feeding and grooming themselves but doing little else. They had shiny coats, but empty lives.
"The parallels are astounding," says Rupert.

Never before in history have relations between the sexes been so fraught with anxiety, animosity and misunderstanding. To radical feminists, who have been the driving force behind many tectonic societal shifts in recent decades, that's a sign of success: they want to tear down the institutions and power structures that underpin society, never mind the fall-out. Nihilistic destruction is part of their road map.
But, for the rest of us, the sight of society breaking down, and ordinary men and women being driven into separate but equal misery, thanks to a small but highly organised group of agitators, is distressing. Particularly because, as increasing numbers of social observers are noticing, an entire generation of young people—mostly men—are being left behind in the wreckage of this social engineering project.
Social commentators, journalists, academics, scientists and young men themselves have all spotted the trend: among men of about 15 to 30 years old, ever-increasing numbers are checking out of society altogether, giving up on women, sex and relationships and retreating into pornography, sexual fetishes, chemical addictions, video games and, in some cases, boorish lad culture, all of which insulate them from a hostile, debilitating social environment created, some argue, by the modern feminist movement.

Social commentators, journalists, academics, scientists and young men themselves have all spotted the trend: among men of about 15 to 30 years old, ever-increasing numbers are checking out of society altogether, giving up on women, sex and relationships and retreating into pornography, sexual fetishes, chemical addictions, video games and, in some cases, boorish lad culture, all of which insulate them from a hostile, debilitating social environment created, some argue, by the modern feminist movement.
You can hardly blame them. Cruelly derided as man-children and crybabies for objecting to absurdly unfair conditions in college, bars, clubs and beyond, men are damned if they do and damned if they don't: ridiculed as basement-dwellers for avoiding aggressive, demanding women with unrealistic expectations, or called rapists and misogynists merely for expressing sexual interest.  
Jack Rivlin is editor-in-chief of student tabloid media start-up The Tab, a runaway success whose current strap-line reads: "We'll stop writing it when you stop reading it." As the guiding intelligence behind over 30 student newspapers, Rivlin is perhaps the best-placed person in the country to observe this trend in action. And he agrees that the current generation of young men find it particularly difficult to engage with women.
"Teenage boys always have been useless with girls, but there's definitely a fear that now being well-intentioned isn't enough, and you can get into trouble just for being clumsy," he says. "For example, leaning in for a kiss might see you branded a creep, rather than just inept."
The new rules men are expected to live by are never clearly explained, says Rivlin, leaving boys clueless and neurotic about interacting with girls. "That might sound like a good thing because it encourages men to take the unromantic but practical approach of asking women how they should behave, but it causes a lot of them to just opt out of the game and retreat to the sanctuary of their groups of lads, where being rude to women gets you approval, and you can pretty much entirely avoid one-on-one socialising with the opposite sex."

http://www.breitbart.com/Breitbart-London/2014/12/04/The-Sexodus-Part-1-The-Men-Giving-Up-On-Women-And-Checking-Out-Of-Society/


Última edição por Joe em 4/12/2014, 20:49, editado 2 vez(es)

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3507
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Joe em 4/12/2014, 20:40

Um aparte.

Esse artigo do wikipedia, linkado na matéria acima, é deveras interessante e merece destaque.

http://en.wikipedia.org/wiki/John_B._Calhoun#Mouse_experiments

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3507
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por White Witch em 4/12/2014, 21:01

iria postar aqui e tu saiu na frente rsrs.

O mané autor do artigo está desesperado, é anglo-saxão então bem-feito. Ele percebe o problema, mas não percebe que ele como adepto dos clichês britânicos criados na era do obeso-estrogenado do Churchill é parte e causa principal do problema.

_________________________________________
TUTORIAL=> Encurtando e criptografando links
avatar
White Witch
Webmaster
Webmaster

Mensagens : 1777
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Seversk - Rússia

http://eusouarcaico.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por White Witch em 4/12/2014, 21:11

O outro problema do artigo é que ele só nota os dissidentes fracassados. Tipo ele não conhece os desertores/sabotadores do sistema bem sucedidos tipo John McAfee, Régis Benevides, Rafael Lusvarghi e em breve EU.

_________________________________________
TUTORIAL=> Encurtando e criptografando links
avatar
White Witch
Webmaster
Webmaster

Mensagens : 1777
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Seversk - Rússia

http://eusouarcaico.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Ashura em 4/12/2014, 21:15

" In France, we even have to pay for the kids a wife has through adulterous affairs. "

Troféu cuckoo de ouro pra França.

E eu que pensei que a boiolagem escandinava era insuperável. Nada sei.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.

Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3945
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Ashura em 4/12/2014, 21:23

Joe escreveu:Um aparte.

Esse artigo do wikipedia, linkado na matéria acima, é deveras interessante e merece destaque.

http://en.wikipedia.org/wiki/John_B._Calhoun#Mouse_experiments

This period between day 315 and day 600 saw a breakdown in social structure and in normal social behavior. Among the aberrations in behavior were the following: expulsion of young before weaning was complete, wounding of young, inability of dominant males to maintain the defense of their territory and females, aggressive behavior of females [Feminismo] passivity of non-dominant males with increased attacks on each other which were not defended against [Herbs]. After day 600, the social breakdown continued and the population declined toward extinction. During this period females ceased to reproduce [Feminazzi]. Their male counterparts withdrew completely, never engaging in courtship or fighting [Mais herbs]. They ate, drank, slept, and groomed themselves – all solitary pursuits. Sleek, healthy coats and an absence of scars characterized these males. They were dubbed “the beautiful ones” [Herbs colírios da capricho].

The conclusions drawn from this experiment were that when all available space is taken and all social roles filled, competition and the stresses experienced by the individuals will result in a total breakdown in complex social behaviors, ultimately resulting in the demise of the population.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.

Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3945
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por White Witch em 4/12/2014, 21:33

Ashura escreveu:" In France, we even have to pay for the kids a wife has through adulterous affairs. "

Troféu cuckoo de ouro pra França.

E eu que pensei que a boiolagem escandinava era insuperável. Nada sei.

Se o cara pesquisar a fundo, vai ver que a França é que é a mãe desses bagulhos(mãe dos intelectuais de esquerda brasileiros). Lá foi onde houve a primeira revolução colorida(maio de 1968).

Charles de Gaulle procurava uma política independentista para a França, fez a bomba nuclear e saiu da OTAN. A CIA arquitetou um meio de derrubar ele, então apareceu os bombeiros do sistema[1], que é a esquerda leite-com-pêra erguendo bandeiras de liberação geral. Tinha nada de socialista, no fundo bandeiras deram origem a indústria pornográfica, showbusiness sensual e entrada de mulheres no mercado de trabalho, deu um boost no feminismo também.

[1]termo cunhado por Ted Kazinsky.

_________________________________________
TUTORIAL=> Encurtando e criptografando links
avatar
White Witch
Webmaster
Webmaster

Mensagens : 1777
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Seversk - Rússia

http://eusouarcaico.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Ashura em 4/12/2014, 22:43

Napoleão realmente levou os últimos homens da França pra morrer na Rússia.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.

Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3945
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por White Witch em 4/12/2014, 23:15

Ashura escreveu:Napoleão realmente levou os últimos homens da França pra morrer na Rússia.

Maldição da Rússia, todo país que ataca a Rússia, além de perder, se aboiola. Adivinha quem foi o primeiro? A Suécia ehuswuahsauh.

http://en.wikipedia.org/wiki/Great_Northern_War

detalhe curioso, Charles XII da Suécia considerava falar em francês um imundicie como beber alcool e luxuria LOL

Charles XII of Sweden[nb 1] succeeded Charles XI of Sweden in 1697, aged 14. From his predecessor, he took over the Swedish Empire as an absolute monarch. Charles XI had tried to keep the empire out of wars, and concentrated on inner reforms such as reduction and allotment, which had strengthened the monarch's status and the empire's military abilities. Charles XII refrained from all kinds of luxury and alcohol and usage of the French language, since he considered these things decadent and superflous. He preferred the life of an ordinary soldier on horseback, not that of contemporary baroque courts. He determinedly pursued his goal of dethroning his adversaries, whom he considered unworthy of their thrones due to broken promises, thereby refusing to take several chances to make peace. During the war, the most important Swedish commanders besides Charles XII were his close friend Carl Gustav Rehnskiöld, also Magnus Stenbock and Adam Ludwig Lewenhaupt.

_________________________________________
TUTORIAL=> Encurtando e criptografando links
avatar
White Witch
Webmaster
Webmaster

Mensagens : 1777
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Seversk - Rússia

http://eusouarcaico.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Convidado em 5/12/2014, 07:40

Problemas de primeiro mundo.

Como é bom reclamar quando se tem o iphone6 no bolso, educação, moradia e uma rede de assistência social.

É só trazer o caboclo pra um país pobre aqui da América Latina, como o Peru ou Paraguai, que o sujeito irá mudar de ideia rapidinho.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Joe em 5/12/2014, 16:28

Redondo_Rei escreveu:Problemas de primeiro mundo.

Como é bom reclamar quando se tem o iphone6 no bolso, educação, moradia e uma rede de assistência social.

É só trazer o caboclo pra um país pobre aqui da América Latina, como o Peru ou Paraguai, que o sujeito irá mudar de ideia rapidinho.

Aqui na América Latina também há esse fenômeno de homens abandonando a sociedade porque não vêm mais vantagens em serem bons moços, mas, ao contrário do mundo anglosaxão, onde os homens se isolam no mundo dos vídeo-games e punheta, aqui os homens adotam uma postura na linha "vou curtir a vida e foda-se o mundo".

Enquanto o mundo anglosaxão tende a produzir futuros George Sodini, nós produzimos Régis Benevides (nem que seja versão de pobre).

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3507
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por White Witch em 5/12/2014, 16:36

[quote="Joe"]
Redondo_Rei escreveu:Enquanto o mundo anglosaxão tende a produzir futuros George Sodini, nós produzimos Régis Benevides (nem que seja versão de pobre).

As versões pobres engrossam os indices de criminalidade. Moleques com 18 anos, sem colegial completo, e andando com corolla 0 e casa própria, orgia com 20 garotas.

_________________________________________
TUTORIAL=> Encurtando e criptografando links
avatar
White Witch
Webmaster
Webmaster

Mensagens : 1777
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Seversk - Rússia

http://eusouarcaico.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Kenshiro em 5/12/2014, 16:49

A arte de virar cafa é uma arte. É como o negocio do bom escravo, mas direcionado à xoxotagem. Primeiro você tenta agradar a todas elas, mas daí só toma no cu, até que solta o foda-se. O problema é que precisa-se de certo jogo de cintura, pois a maioria dos que se frustram viram nerds mesmo.
avatar
Kenshiro
Aspirante a Arcaico
Aspirante a Arcaico

Mensagens : 915
Data de inscrição : 02/08/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Joe em 5/12/2014, 16:55

White Witch escreveu:
Joe escreveu:
Redondo_Rei escreveu:Enquanto o mundo anglosaxão tende a produzir futuros George Sodini, nós produzimos Régis Benevides (nem que seja versão de pobre).

As versões pobres engrossam os indices de criminalidade. Moleques com 18 anos, sem colegial completo, e andando com corolla 0 e casa própria, orgia com 20 garotas.

Mas tem versões pobres que se dão bem sem precisar recorrer a criminalidade. Eu conheço alguns. Óbvio que não comem tantas mulheres quanto o Régis e nem andam de iate, mas não estão na seca.

Ps: quando falo pobre não quero dizer favelado. Quero dizer o sujeito de classe média que ficou esperto e deixou de ser um banana.


Última edição por Joe em 5/12/2014, 16:58, editado 1 vez(es)

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3507
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Ashura em 5/12/2014, 18:20

"A arte de virar cafa é uma arte"

Kenshiro, o poeta.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.

Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3945
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Rant Casey em 8/12/2014, 10:36

Redondo_Rei escreveu:Problemas de primeiro mundo.

Como é bom reclamar quando se tem o iphone6 no bolso, educação, moradia e uma rede de assistência social.

É só trazer o caboclo pra um país pobre aqui da América Latina, como o Peru ou Paraguai, que o sujeito irá mudar de ideia rapidinho.

Não é bem assim por lá.

Essa geração é conhecida como "geração 900" (euros), porque é o máximo que conseguem ganhar, quando conseguem. Em vários países, mal conseguem empregos de meio turno como garçons (e isso seriam designers, advogados, até engenheiros).

O custo de vida está altíssimo, e o custo dos impostos e taxas também. Se compra uma Mercedes por 2 mil euros, usada, mas só os papéis de licenciamento dela são 2 mil euros, e mais 2 mil por semestre a cada renovação, fora o seguro obrigatório. Em portugal, espanha, grécia, balcãs, frança, na antiga zona polonesa, os jovens naõ conseguem mais sair de casa. O máximo que irão ganhar mal paga um aluguel.

O guitarrista de minha banda é italiano, voltou para o Brasil, e disse que não volta mais pra Itália. "Aquele lugar acabou, só falta enterrar". Suspeito que quer casar com uma brasileira pra se naturalizar: cada vez mais é possível termos imigrantes europeus tentando melhores condições de vida... no Brasil.


_________________________________________
Guess what? I have a fever. And the only prescription is more cowbell!
https://www.youtube.com/watch?v=fyV2cPLuFuA

SKAVURSKA!
avatar
Rant Casey
Pontifex Anarco-DadaMestre
Pontifex Anarco-DadaMestre

Mensagens : 2360
Data de inscrição : 14/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Joe em 17/11/2015, 18:43

Tradução de um trecho do artigo "Sexodus".


“Medicados, ignorados, ridicularizados e deixados para trás por feministas.”

– Milo Yiannopoulos, jornalista inglês.


Medicados, ignorados, ridicularizados e deixados para trás por feministas.

“Então, o que aconteceu com aqueles meninos que, em 2001, foram ficando para trás das meninas na escola e eram menos propensos a ir para a faculdade e que estavam sendo tratados com medicamentos dos quais não precisavam e cuja questões de autoestima e de confiança não foram simplesmente ignoradas, mas têm sido ativamente ridicularizadas pelo establishment feminista que tem tal domínio sobre os sindicatos de ensino e dos partidos políticos de esquerda?

Em suma: eles cresceram disfuncionais, sub atendidos pela sociedade, profundamente infelizes e, em muitos casos, inteiramente incapazes de se relacionar com o sexo oposto. São os meninos que foram traídos pelo sistema educacional, e pela cultura em geral, em um número tão grande, entre 1990 e 2010, que representam a primeira geração do que eu chamo o sexodus, uma saída em grande escala, da sociedade dominante, de homens que decidiram que eles simplesmente não conseguem, ou não querem ser incomodados por isto, formar relacionamentos saudáveis e participar plenamente das suas comunidades locais, das democracias nacionais e de outras estruturas sociais do mundo real.”

– Milo Yiannopoulos, “THE SEXODUS, PART 1: THE MEN GIVING UP ON WOMEN AND CHECKING OUT OF SOCIETY”, BreitBart, 4.12.2014.

http://andre.levy.x10.bz/misandria/medicados-ignorados-ridicularizados-e-deixados-para-tras-por-feministas/

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3507
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: THE SEXODUS: Herbs versão européia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum