Bem-vindos a Taberna!
Grupo do Facebook


Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Joe em 17/5/2016, 02:50




Milo Yiannopoulos (o Jack Donovan versão metrossexual) entrevista o Jack Donovan (começa nos 22 minutos).

Milo é uma figura conhecida na mídia mainstream. Homossexual assumido, ele foi o primeiro jornalista mainstream a cobrir o caso Gamergate, tomando o lado dos gamers, e outras façanhas, como ir numa Marcha das Vadias com um cartaz escrito "Cultura de estupro é que nem Harry Porter, é fantasia" e discutir com feministas na TV.

Trecho gold da entrevista:

Milo: "porque sobrou para dois homossexuais (um americano e um britânico) para falarmos a favor  dos homens?".
Donovan: "porque para nós não há consequências".

Donovan comenta que o fato de serem homossexuais os deixa numa posição onde não precisam medir suas palavras na hora de criticar feminismo e afins. Milo complementa e diz que gays podem dizer para mulheres "vc é completamente louca" sem papas nas línguas e sair ilesos, além de não prejudicar sua vida sexual.

Pontos altos da conversa:

- Donovan fala que os homens masculinos não pensam sobre masculinidade porque eles a vivem no dia a dia (pensem no lutador de MMA, motoqueiro, arigó, etc) e, portanto, tem dificuldades de defini-la em palavras. Ele tbm fala que a maioria dos seus leitores são heterossexuais, e que ele prefere assim. Outro problema é que homens não gostam de falar sobre masculinidade pq se sentem ameaçados, no sentido "não sou tão foda", ou seja, temem não fazer jus ao ideal, mas não percebem que a conversa é meramente teórica, não uma competição de quem é mais foda.

- Donovan dá uma de Nessahan e diz que homens modernos foram criados numa cultura feminista, do tipo que ensina que o homem tem que dar flores para mulheres, e não percebem que uma mulher nem sempre quer o que diz querer, e tbm baixa o Tyler Durden e diz que homens modernos são rodeados de mulheres desde sempre (a maioria das professoras são mulheres). Milo complementa dizendo que há uma pressão de que todo ambiente tenha que ter a presença de mulheres e não há espaço exclusivos para homens, enquanto que, por outro lado, há cada vez mais espaços exclusivos para mulheres.

- Milo comenta que há um número cada vez maior de homossexuais britânicos conservadores, segundo uma pesquisa do jornal esquerdista The Guardian, que noticiou a pesquisa horrorizado. A conclusão de ambos é que o progressismo está fora de controle e afastando os gays.

- Donovan comenta sobre a diferença entre a direita alternativa e a direita mainstream. A diferença é que a direita alternativa rejeita a ideologia de mercado livre e capitalismo acima de tudo. E que as pessoas estão procurando por uma ligação cultural comum (religião, raça, etc), algo que seja mais profundo do que a economia, e que a direita mainstream está perdendo terreno por causa de seu tesão por Von Mises e não oferecer essa ligação cultural. Donovan define a forma como a narrativa é contada pela esquerda: "a direita é interessada em dinheiro e a esquerda em pessoas". Milo oferece um exemplo perfeito do pensamento da direita mainstream: um neoliberal não pensaria duas vezes em derrubar uma igreja de 300 anos para lucrar construindo um estacionamento.

- Donovan diz que não tem interesse na direita alternativa, apesar de concordar com algumas pautas, pq ele chegou num ponto em que está mais interessado em fundar uma nova cultura do que salvar uma cultura já decadente.

- Donovan fala sobre um assunto que de tempos em tempos aparece aqui na ESA: trabalho. Ele comenta que o homem moderno foi resumido a trabalhar e consumir, passar a vida em serviços alienantes e irrelevantes, e que atos realmente significativos (como os de heroísmo, por ex), ele pode viver apenas em filmes e games. Portanto, em grupos menores (uma gangue/tribo) ele tem um papel importante que satisfaria essa necessidade (ele seria alguém, não apenas mais um funcionário). E termina repetindo o que disse no ensaio "tornando-se um novo bárbaro".

- Outra observação interessante é que o mundo capitalista das corporações, de fazer tarefas rotineiras e sem risco, é um mundo muito mais adequado para mulheres. Ele comenta algo que meio que já foi dito aqui: feminismo e capitalismo andam de mãos juntas.

- Momento super master of the obvious do Donovan: o governo não dá a mínima para vc. Ele disse isso para criticar aqueles que buscam heroísmo em coisas como "lutar pelo país". O homem só pode adotar a mentalidade de gangue/tribo no momento em que ele parar de se importar com todo mundo, e escolher quem (ou o que) realmente importa.


Última edição por Joe em 17/5/2016, 11:48, editado 1 vez(es)

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3509
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Ashura em 17/5/2016, 04:10

Viadinho entrevistando viadão.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.
avatar
Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3946
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Ashura em 17/5/2016, 04:48

"Momento super master of the obvious do Donovan: o governo não dá a mínima para vc. Ele disse isso para criticar aqueles que buscam heroísmo em coisas como "lutar pelo país". O homem só pode adotar a mentalidade de gangue/tribo no momento em que ele parar de se importar com todo mundo, e escolher quem (ou o que) realmente importa.
"


Que monte de bobagem.

É óbvio que o governo não se importa com o tal do "indivíduo", não existe isso. O "governo" tem que se importar é com a grandeza da nação.

Nacionalismo é bem o oposto de progressivismo, o tal "se importar com todo mundo" (A famigerada "xenofobia", isto é, gostar mais dos seus do que de um alienígena qualquer, é um ingrediente inalienável do nacionalismo). Talvez a maior preocupação da esquerda cultural seja em tentar "desconstruir" o nacionalismo, até porque isso é pintar o que existe de errado pra convencer de que deve ser substituído. Comunista falando sobre o Brasil e sua história é "lindo", pra ele o Brasil trocado por merda é caro. Claro que esse efeito só pode ser conseguido com mentiras, inclusive, mas isso é outro assunto.

Que um governo anti-nacionalista não vai trabalhar em prol da nação é o óbvio ululante, não dá nem para acusá-lo de "quebra de contrato".

...

Donovan vê Mad Max demais.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.
avatar
Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3946
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Ashura em 17/5/2016, 05:07

Aliás,

O que é "se importar com todo mundo"?

Padres com uma vocação sincera se importam com todo mundo. E definitivamente não pregam o multiculturalismo. Pelo contrário, o ideal é "aculturar" os bárbaros mesmo.

O progressista não "se importa com todo mundo", só se importa com o próprio rabo. As taras dele por deixar alienígenas entrar no fundo é só pra alimentar a própria mesquinharia. Boa parte do sentimento progressista é um revanchismo contra a sociedade tradicional, o papai não aceitava que o fulaninho é viadinho então ele quer mais é ver o circo pegar fogo. E o resto é pura conveniência.

O objetivo é irritar, ser inconveniente, um grande esperneio político. E que o bando de alienígenas enfraqueça a tal sociedade tradicional que desaprova da "festa do cu" deles.

Eles só se importam consigo mesmos. Não estão nem aí pros alienígenas. E mesmo se estivessem, como eles claramente odeiam a maior parte da população, a única coisa que eles não poderiam fazer é "se importar com todo mundo".

Suas motivações vem de uma falta de "sentimento comunitário", não de um suposto oposto super-inflado.

Progressistas não "se importam com todo mundo", o que os define, pelo contrário, é que não se importam com o próprio povo e cultura - De fato sendo ativamente hostis a estes.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.
avatar
Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3946
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Sir D. Fortesque em 17/5/2016, 07:59

55 minutos ?
Mas nem pornô
avatar
Sir D. Fortesque
Aspirante a Dadaísta
Aspirante a Dadaísta

Mensagens : 489
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por White Witch em 17/5/2016, 08:45

"- Donovan diz que não tem interesse na direita alternativa, apesar de concordar com algumas pautas, pq ele chegou num ponto em que está mais interessado em fundar uma nova cultura do que salvar uma cultura já decadente."

Tem várias "direitas alternativas" essa que ele fala é a americana e é ridicula mesmo.

_________________________________________
TUTORIAL=> Encurtando e criptografando links
avatar
White Witch
Webmaster
Webmaster

Mensagens : 1777
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Seversk - Rússia

http://eusouarcaico.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Sir D. Fortesque em 17/5/2016, 08:51

White Witch escreveu:"- Donovan diz que não tem interesse na direita alternativa, apesar de concordar com algumas pautas, pq ele chegou num ponto em que está mais interessado em fundar uma nova cultura do que salvar uma cultura já decadente."

Tem várias "direitas alternativas" essa que ele fala é a americana e é ridicula mesmo.

Diga nos uma direita bela e moral.
avatar
Sir D. Fortesque
Aspirante a Dadaísta
Aspirante a Dadaísta

Mensagens : 489
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Rant Casey em 17/5/2016, 10:52

White Witch escreveu:"- Donovan diz que não tem interesse na direita alternativa, apesar de concordar com algumas pautas, pq ele chegou num ponto em que está mais interessado em fundar uma nova cultura do que salvar uma cultura já decadente."

Tem várias "direitas alternativas" essa que ele fala é a americana e é ridicula mesmo.

Yup. A Americana é vergonhosa.

Á exceção da tara deles pela posse de armas, não vejo nada a ser emulado.

_________________________________________
Guess what? I have a fever. And the only prescription is more cowbell!
https://www.youtube.com/watch?v=fyV2cPLuFuA

SKAVURSKA!
avatar
Rant Casey
Pontifex Anarco-DadaMestre
Pontifex Anarco-DadaMestre

Mensagens : 2360
Data de inscrição : 14/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Convidado em 17/5/2016, 10:55

Homem que é homem não vai perder 50 min ouvindo dois boiolões falando sobre masculinidade. hehehehe

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Convidado em 17/5/2016, 10:56

Aposto que o Joe ouviu; ele poderia ter usado esses 50 minutos no Taekwondo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por White Witch em 17/5/2016, 11:05

Sir D. Fortesque escreveu:
White Witch escreveu:"- Donovan diz que não tem interesse na direita alternativa, apesar de concordar com algumas pautas, pq ele chegou num ponto em que está mais interessado em fundar uma nova cultura do que salvar uma cultura já decadente."

Tem várias "direitas alternativas" essa que ele fala é a americana e é ridicula mesmo.

Diga nos uma direita bela e moral.

A Nouvelle Droite da França.

"Quem defende a livre circulação de mercadorias e critica a imigração(livre circulação de pessoas) é contra os trabalhadores e deve ser criticado, quem é contra livre circulação de mercadorias e a favor da imigração é igualmente hipócrita".
(Alain de Benoist).

_________________________________________
TUTORIAL=> Encurtando e criptografando links
avatar
White Witch
Webmaster
Webmaster

Mensagens : 1777
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Seversk - Rússia

http://eusouarcaico.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Joe em 17/5/2016, 11:08

Ashura escreveu:

É óbvio que o governo não se importa com o tal do "indivíduo", não existe isso. O "governo" tem que se importar é com a grandeza da nação.

Nacionalismo é bem o oposto de progressivismo, o tal "se importar com todo mundo" (A famigerada "xenofobia", isto é, gostar mais dos seus do que de um alienígena qualquer, é um ingrediente inalienável do nacionalismo). Talvez a maior preocupação da esquerda cultural seja em tentar "desconstruir" o nacionalismo, até porque isso é pintar o que existe de errado pra convencer de que deve ser substituído. Comunista falando sobre o Brasil e sua história é "lindo", pra ele o Brasil trocado por merda é caro. Claro que esse efeito só pode ser conseguido com mentiras, inclusive, mas isso é outro assunto.

Que um governo anti-nacionalista não vai trabalhar em prol da nação é o óbvio ululante, não dá nem para acusá-lo de "quebra de contrato".

...

Donovan vê Mad Max demais.

Na visão do Donovan os governos modernos estão contaminados demais com o progressismo (que seria um braço do globalismo) para que um nacionalismo consiga reverter a situação (ele fala um pouco do Trump na entrevista e diz que a popularidade se deve em parte a isso que vc falou de se importar mais com os seus do que com os outros). Tentar combater o globalismo com nacionalismo a essa altura do campeonato seria dar murro em ponta de faca. O que ele fala quando diz que o governo não liga para vc é que vc é apenas uma peça de xadrez num mundo globalista que visa apenas o lucro.  

Ademais, a ideia toda dele é justamente vc criar uma rede de contatos com quem se possa realmente contar. Na entrevista ele diz que as pessoas estão dependentes demais do estado. Vc espera que, quando vc precise de segurança ou saúde, o estado vá fornecer polícia e hospital (o que nem sempre acontece). O ponto todo é que no mundo moderno não há relações significativas de ajuda mútua, o que nos deixa a mercê do estado (e por consequência do globalismo e do progressismo) e isolados um dos outros (tanto emocionalmente quanto literalmente, visto que muita gente vive com a cara enfiada no smartphone).

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3509
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Joe em 17/5/2016, 11:18

Redondo_Apaixonado escreveu:Aposto que o Joe ouviu; ele poderia ter usado esses 50 minutos no Taekwondo.

Vc não sabe ler? Não viu que escrevi ali que a parte do Donovan começa aos 22 minutos?

Ademais, exercitar a mente ouvindo o que pessoas inteligentes tem a dizer é tão importante quanto exercitar o corpo. Vc devia tentar isso de vez em quando. Assim não falaria tanta bobagem nesse fórum.


Última edição por Joe em 17/5/2016, 11:27, editado 2 vez(es)

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3509
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por White Witch em 17/5/2016, 11:22

Na entrevista ele diz que as pessoas estão dependentes demais do estado.


Ele tem que descobrir que o problema é a dependência do mercado.

É fácil falar em se livrar do governo, quando se tem loja de conveniência a cada esquina. Assim até eu seria "libertário".

_________________________________________
TUTORIAL=> Encurtando e criptografando links
avatar
White Witch
Webmaster
Webmaster

Mensagens : 1777
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Seversk - Rússia

http://eusouarcaico.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Convidado em 17/5/2016, 11:23

Joe escreveu:
Redondo_Apaixonado escreveu:Aposto que o Joe ouviu; ele poderia ter usado esses 50 minutos no Taekwondo.

Vc não sabe ler? Não viu que escrevi ali que a parte do Donovan começa aos 22 minutos?

Ademais, exercitar a mente ouvindo o que pessoas inteligentes tem a dizer é tão importante quanto exercitar o corpo. Vc devia tentar isso de vez em quando. Assim não falaria tanta bobagem nesse fórum.

Calma, é zueira, brow!

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Joe em 17/5/2016, 11:36

White Witch escreveu:
Na entrevista ele diz que as pessoas estão dependentes demais do estado.


Ele tem que descobrir que o problema é a dependência do mercado.

É fácil falar em se livrar do governo, quando se tem loja de conveniência a cada esquina. Assim até eu seria "libertário".

Donovan tá mais para um primitivista do que um libertário.

É que tem outro ponto.

Existe, na cultura do americano, essa coisa do "faça vc mesmo" que não existe no Brasil.

No caso específico do Donovan, ele e os malucos da tribo dele, os Wolves of Finland, estão construindo toda uma comunidade auto-suficiente (plantam a própria comida, etc) num matagal aí nos EUA (postei as fotos num tpc antigo). Coisa bem neo-hippie numa versão anabolizada.

E não é um caso isolado. Na TV a cabo volta e meia aparece uns documentários de gente que foi morar no Alasca ou outro fim de mundo e vive numa cabana de forma bem auto-suficiente (pesca a comida, corta a própria lenha, etc). Donovan apenas aplicou isso a um âmbito coletivo (um monte de gente fazendo isso juntos ao invés de apenas um ermitão).

Mas, realmente, para o brasileiro médio, que não tem ideia de sequer como acender uma fogueira, isso de "se livrar do governo" soa uma coisa esquisita.

Ademais, estado e dependência do mercado são termos meio que intercambiáveis, visto que a ideia toda, quando o assunto é "se livrar do governo", pelo menos no sentido dado por Donovan, significa não ser escravo da economia, o que por sua vez significa arregaçar as mangas e trabalhar. Como o Donovan disse noutra entrevista: "comida não cresce em supermercado".


Última edição por Joe em 17/5/2016, 12:09, editado 1 vez(es)

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3509
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Convidado em 17/5/2016, 12:03

Ouvir Donnovan falar de masculinidade é como ouvir Sara Winter falar de virtude rs.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Convidado em 17/5/2016, 12:04

Depois desse papo de masculinidade, Donovan e Yiannopoulos devem ter caído no rala e rola rsrs.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Ashura em 17/5/2016, 12:15

White Witch escreveu:
Sir D. Fortesque escreveu:
White Witch escreveu:"- Donovan diz que não tem interesse na direita alternativa, apesar de concordar com algumas pautas, pq ele chegou num ponto em que está mais interessado em fundar uma nova cultura do que salvar uma cultura já decadente."

Tem várias "direitas alternativas" essa que ele fala é a americana e é ridicula mesmo.

Diga nos uma direita bela e moral.

A Nouvelle Droite da França.

"Quem defende a livre circulação de mercadorias e critica a imigração(livre circulação de pessoas) é contra os trabalhadores e deve ser criticado, quem é contra livre circulação de mercadorias e a favor da imigração é igualmente hipócrita".
(Alain de Benoist).

Prefiro até escutar o Soral que um francesinho neopagão.


_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.
avatar
Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3946
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Ashura em 17/5/2016, 12:20

Satanista vai mesmo nos papos do Donovan.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.
avatar
Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3946
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Ashura em 17/5/2016, 12:33

"Na visão do Donovan os governos modernos estão contaminados demais com o progressismo (que seria um braço do globalismo) para que um nacionalismo consiga reverter a situação (ele fala um pouco do Trump na entrevista e diz que a popularidade se deve em parte a isso que vc falou de se importar mais com os seus do que com os outros). Tentar combater o globalismo com nacionalismo a essa altura do campeonato seria dar murro em ponta de faca. O que ele fala quando diz que o governo não liga para vc é que vc é apenas uma peça de xadrez num mundo globalista que visa apenas o lucro. "

Donovan achar algo não significa que seja verdade. E de qualquer forma não buscar um governo/país (Ou pelo menos um povo) mais nacionalista (Embora seja verdade que democracia é uma farsa etc.) só vai fazê-lo piorar, e o estado sempre vai ser um "bully" em festinhas como a do Donovan, ainda mais eles que chamam a atenção.

"Ademais, a ideia toda dele é justamente vc criar uma rede de contatos com quem se possa realmente contar. Na entrevista ele diz que as pessoas estão dependentes demais do estado. Vc espera que, quando vc precise de segurança ou saúde, o estado vá fornecer polícia e hospital (o que nem sempre acontece). O ponto todo é que no mundo moderno não há relações significativas de ajuda mútua, o que nos deixa a mercê do estado (e por consequência do globalismo e do progressismo) e isolados um dos outros (tanto emocionalmente quanto literalmente, visto que muita gente vive com a cara enfiada no smartphone).
"


Isso que ele disse pode até ser útil, mas não muda o fato de que ele ainda faz parte de um estado nação que não vai permitir alguma "secessão" - O que seria indesejável em primeiro lugar, um estado pequenininho seria presa fértil pra qualquer fdp.

_________________________________________
In this battle you must stand firm and have no fear, no thought of flight, but be inspired to resist with ever more herculean strenght. Animals may run away from animals. But you are men, men of stout heart, and you will hold at bay these dumb brutes, thrusting your spears and swords into them, so that they will know that they are fighting not against their own kind but against the masters of animals.
avatar
Ashura
Anarco-Dadaísta
Anarco-Dadaísta

Mensagens : 3946
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Joe em 17/5/2016, 14:24

Eu não estou defendendo o Donovan, apenas contando o que ele disse na entrevista.

Dentro da realidade americana é possível viver como um bárbaro desde que vc não incomode o Grande Irmão.  Quem liga se o Donovan se mudou pro meio do mato e fundou uma tribo? Se ele não está infringindo nenhuma lei o Grande Irmão tem coisas mais importantes para se preocupar.

Minha maior discordância com o Donovan é que não vejo como viável a aplicação de suas ideias de gangue e tribo em terras tupiniquins.

Nos EUA,  além da cultura de "faça vc mesmo",  há tbm toda uma cultura de gangue (clube de motoqueiros,  por ex) que inexiste no Brasil que facilita um sujeito fundar ou se juntar a um grupo social alternativo.

Brasileiro não tem essa mentalidade.  No fundo brasileiro sonha, de forma mais ou menos consciente,  em virar um parasita do estado.

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3509
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por White Witch em 17/5/2016, 14:58

Ashura escreveu:
White Witch escreveu:
Sir D. Fortesque escreveu:
White Witch escreveu:"- Donovan diz que não tem interesse na direita alternativa, apesar de concordar com algumas pautas, pq ele chegou num ponto em que está mais interessado em fundar uma nova cultura do que salvar uma cultura já decadente."

Tem várias "direitas alternativas" essa que ele fala é a americana e é ridicula mesmo.

Diga nos uma direita bela e moral.

A Nouvelle Droite da França.

"Quem defende a livre circulação de mercadorias e critica a imigração(livre circulação de pessoas) é contra os trabalhadores e deve ser criticado, quem é contra livre circulação de mercadorias e a favor da imigração é igualmente hipócrita".
(Alain de Benoist).

Prefiro até escutar o Soral que um francesinho neopagão.


Eles são amigos, existe articulação entre toda nova direita européia e Dugin. De todo jeito, não é do escopo do Benoist algum tipo de "restauração religiosa" seja qual for. Alain Benoist é muito superior até mesmo ao Dugin.

O livro dele "a beira do abismo" trata da crise de 2008. Para Benoist a solução dessas crises ciclicas é o bloqueio de livre circulação de pessoas(anti-imigração/esquerdismo) e o bloqueio da livre circulação de mercadorias(contra o liberalismo econômico).


Última edição por White Witch em 17/5/2016, 15:00, editado 1 vez(es)

_________________________________________
TUTORIAL=> Encurtando e criptografando links
avatar
White Witch
Webmaster
Webmaster

Mensagens : 1777
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Seversk - Rússia

http://eusouarcaico.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Convidado em 17/5/2016, 15:00

Joe escreveu:Eu não estou defendendo o Donovan, apenas contando o que ele disse na entrevista.

Dentro da realidade americana é possível viver como um bárbaro desde que vc não incomode o Grande Irmão.  Quem liga se o Donovan se mudou pro meio do mato e fundou uma tribo? Se ele não está infringindo nenhuma lei o Grande Irmão tem coisas mais importantes para se preocupar.

Minha maior discordância com o Donovan é que não vejo como viável a aplicação de suas ideias de gangue e tribo em terras tupiniquins.

Nos EUA,  além da cultura de "faça vc mesmo",  há tbm toda uma cultura de gangue (clube de motoqueiros,  por ex) que inexiste no Brasil que facilita um sujeito fundar ou se juntar a um grupo social alternativo.

Brasileiro não tem essa mentalidade.  No fundo brasileiro sonha, de forma mais ou menos consciente,  em virar um parasita do estado.

Você acha que a maioria dos americanos querem viver no meio da neve, no mato?
Todo mundo gosta de conforto e de uma boquinha.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por White Witch em 17/5/2016, 15:06

Assim como o esquerdismo, o liberalismo não é só uma ideologia econômica, mas um "estado de espírito" ou doença da alma, deriva de erros de raciocínios ligado a subjetivismos.

Benoist fez um diagnóstico dessa "mentalidade" em sua critica a Hayek.

http://legio-victrix.blogspot.com.br/2014/03/alain-de-benoist-hayek-uma-critica.html


A teoria que afirma que o mercado nunca é injusto por causa de sua natureza impessoal e abstrata obviamente tem a vantagem de proibir a medida da realidade em termos de resultados concretos. Com o interesse geral reduzido, na melhor das hipóteses, a manter a ordem público e fornecer alguns serviços coletivos, e com a justiça definida em termos de regras formal-universais limitadas a regular o comportamento dos agentes, o mercado não pode ser avaliado em termos de sua dimensão substancial, i.e., segundo seus resultados. O mesmo vale para a justiça, que não teria conteúdo substancial porque objetivos não tem sua própria normatividade. Em sociedade não há "conteúdo" da vida. Ademais, como a justiça social não pode ser definida positivamente, qualquer debate sobre sua essência é inútil. O sistema está assim perfeitamente "fechado". É necessário obedecer à ordem do mercado porque ela não foi querida por ninguém e ela simplesmente se impôs. É necessário seguir a ordem estabelecida sem tentar compreendê-la ou se rebelar contra ela. Similarmente, os "perdedores" devem desenvolver uma nova moral por meio da qual "é tão somente normal aceitar o curso de eventos, mesmo quando eles são desfavoráveis". Essa é uma apologia desqualificada do sucesso, independentemente da causa, e ao mesmo tempo a negação radical de equidade no sentido tradicional do termo. É também uma maneira perfeita de aliviar a consciência dos "vencedores" e de impedir os "perdedores" de se revoltarem. O ponto de vista de Hayek, assim, leva a uma "verdadeira teorização da indiferença pela infelicidade humana". Finalmente, o mercado substitui o Leviatã.

A crítica de Hayek se resume então a um sistema incapacitante, destinado a confortar o pior conservadorismo. Afirmar que o mercado não é justo ou injusto é equivalente a afirmar que seus efeitos não devem ser julgados, que ele é a nova divindade - o novo Deus perante o qual devemos nos curvar. Então não se deve mais buscar por valores a serem realizados na sociedade, mas simplesmente reconhecer o sistema de valores existente que nos permite sermos membros dela. Deve-se cuidar da própria vida sem jamais pôr em cheque a ordem social ou se preocupar sobre o curso da história, que se desdobra melhor apenas sem interferência humana. Esse é o tipo de "autonomia" individual que Hayek permite.

..............

“O actual liberalismo não defende a liberdade: em vez disso, destrói a independência do indivíduo. Por via da corrosão das memórias históricas, o liberalismo (actual) retira o Homem da História: propõe dar ao Homem os meios de subsistência, mas rouba-lhe a razão de viver e retira-lhe a possibilidade de ter um destino”.
https://espectivas.wordpress.com/2012/12/05/alain-de-benoist-o-liberalismo-actual-e-a-sua-negacao-da-liberdade-do-individuo-1/

_________________________________________
TUTORIAL=> Encurtando e criptografando links
avatar
White Witch
Webmaster
Webmaster

Mensagens : 1777
Data de inscrição : 02/07/2014
Localização : Seversk - Rússia

http://eusouarcaico.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Milo Yiannopoulos entrevista Jack Donovan

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum