Bem-vindos a Taberna!
Grupo do Facebook


Família e filhos.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Família e filhos.

Mensagem por Convidado em 15/3/2016, 21:26

Vou tocar em um tema espinhoso.

Relatei em outro tópico de como eu estava sendo cobrado para namorar.
E sim, agora estou sendo cobrado por filhos. Meu pai, minha avó, a ortopedista, a secretária estão me perguntando.

O problema é que eu me sinto como um peixe fora d'agua. Eu me sinto bem do jeito que estou hoje, sozinho e solteiro e sem filhos. Penso em ter tudo isso mais pra frente, não agora. Talvez daqui uns 7,8 anos, se tudo estiver certo.

Estou com 27 anos e hoje meu pai disse que eu nasci quando ele tinha 28 anos. Se eu for parar pra pensar, nem namorada eu tenho. Até conhecer alguém, namorar, casar, ter filhos, quantos anos pra todo esse processo?

Acredito que o pessoal mais velho da comunidade passe por esse dilema. Alguém me elucida como é viver assim? Não passam alguns pensamentos negros pela cabeça?

Com a idade que eu tenho hoje, me sinto como se tivesse com 18 anos, mas pressionado.

Quando fui fazer a entrevista com a psicóloga, ela me perguntou por que eu não tinha uma namorada. Respondi que "não era prioridade no momento". Então ela acenou com a cabeça, mudou o assunto e pediu pra voltar dia seguinte, que outra psicóloga queria falar comigo.

A mesma pergunta: "Por que você não tem namorada?" A minha resposta: "Tenho que pensar em um monte de problemas, como trabalho, dinheiro, não tenho tempo..." Então ela retrucou: "Não é sua prioridade, né?" Fiquei espantado: uma psicóloga tinha dito a outra que para mim, namorada "não era prioridade".

Será que deveria ser prioridade? Fui rude em falar que mulher não era prioridade? O que deveria ser prioridade?

O pessoal mais velho, psicólogas, sociólogas já sacaram que boa parte dos jovens não querem casar e não querem ter filhos.

Peço ajuda pro Joe, Rant e outros que possam me ajudar. Jamais pensei que fosse me preocupar com isso.

Falei com um colega meu e ele disse pra relaxar. "Casamento aos 30, filho aos 35".

Mais um tema cabeludo pra vocês.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Convidado em 15/3/2016, 21:46

Pra mim casamento só aos 40 anos. Focar em ter uma carreira sólida, passar feriados na ilha de Marajó, manter a saúde em dia é pronto. Quando o cara procura relacionamento rola muita cilada. Depois de uns relacionamentos tranqueiras, quero umas férias de 13 anos pra me recuperar curtindo de boa.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por El Topo em 15/3/2016, 22:03

Penso em juntar as escovas daqui uns quatro, cinco anos. Tenho vinte e seis hoje e tô com uma guria que é parceira pra cacete. A gente dá muito certo.

Se não fosse ela, provavelmente não casaria, viveria na putaria direto e como pretendo ter filhos, talvez engravidaria uma louca aí quando estivesse com uns trinta e cinco...

_________________________________________
"Life is just a candle, and a dream must give it flame."
avatar
El Topo
Arcaico
Arcaico

Mensagens : 1069
Data de inscrição : 30/06/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Joe em 16/3/2016, 00:18

Por sorte tenho uma das mães mais legais do mundo. Ela é a primeira a incentivar minha solteirice. Meu pai tbm não liga para isso de eu casar e ter filhos.

Minha mãe é até meio GDR. Ela fica espantada como as mulheres de hoje são "inamoráveis"(são arrogantes, egoístas, chatas, etc), que no tempo dela não era assim, e entende pq os homens querem ficar solteiros.

Tirando a questão de eu ter pais legais, não esquente a cabeça com psicólogos. A maioria desses psicólogos de entrevistas são totalmente perturbados e quem precisa de psicólogo, na maioria dos casos, são eles. Inclusive a ex de um amigo meu, que é psicóloga, confirmou isso e disse que muita gente que cursa psicologia é pessoal que quer se auto-tratar, mais ou menos como um tuberculoso que quer cursar medicina para se curar.

Quanto a mim, casamento não está nos meus planos.

Não pq eu tenha algo contra casamento. Apenas acho que, no contexto atual, não faz sentido. Vc provavelmente terminará divorciado em poucos anos (e mesmo que continue casado, estará infeliz e de saco cheio).

Para ficar mais claro, o modo de vida moderno conspira contra o casamento. É aquela velha história: para que casar se vc pode comer várias e ainda viajar, curtir a vida, se dedicar aos seus hobbies e paixões etc, sem precisar dar explicações para ninguém?

Casar hoje em dia é mais ou menos como o maluco tentar ser um pacifista num mundo pós-apocalipse zumbi.

As autoras do "O Outro Lado do Feminismo" apresentam argumentos que reforçam essa opinião que eu já tinha antes de ler o livro. A grosso modo, o que elas argumentam é que o casamento só sobrevive (e é viável e vantajoso)  dentro de uma estrutura social conservadora. O contexto é tudo.

Lembrem-se: estamos no pipocalipse.


Última edição por Joe em 16/3/2016, 03:07, editado 1 vez(es)

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3503
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Joe em 16/3/2016, 01:31

Vou colocar aqui um link que vc próprio postou, Redondo, e que diz tudo o que vc precisa saber sobre "prioridades".

http://eusouarcaico.forumeiros.com/t685-cena-mais-iluminada-do-cinema

Ou se prefere algo mais intelectualizado, deixo uma frase de Ernst Jünger (cuja filosofia curiosamente tem muito em comum com o vídeo do Ferris Bueller) que serve tanto para este tpc quanto para seu outro tpc "questão de fé".

“Hoje apenas a pessoa que não mais acredita em um final feliz, apenas aquele que conscientemente o renunciou, é capaz de viver. Um século feliz não existe, mas há momentos de felicidade, e há liberdade no momento."
― Ernst Jünger, The Glass Bees

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3503
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Sir D. Fortesque em 16/3/2016, 09:13

Se vc se sente bem do jeito que está como afirma, para que dar bola para a opinião alheia ?
Ir pela cabeça dos outros vc só toma no cu. Pessoas de maneira geral adoram falar o que te faz feliz sendo que elas mesmas são infelizes.
E psicóloga para mim hoje é risível, só senso comum reiterado.
Psicanálise de Freud, VERDADEIRA, ESTUDADA, INTERPRETADA DA MANEIRA CORRETA, sem aquela deturpação encarniçada travestida de intelectualismo , essa sim  resolve algo ao meu ver.
Freud é o cara mais mal interpretado do mundo, adoram falar o que ele disse sem nunca terem lido uma única obra sequer.
avatar
Sir D. Fortesque
Aspirante a Dadaísta
Aspirante a Dadaísta

Mensagens : 489
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Rant Casey em 16/3/2016, 09:42

Provérbio Sufi escreveu:Nasrudin começou a construir uma casa. Seus amigos, que tinham cada um sua própria casa, e eram carpinteiros, pedreiros, o rodearam de conselhos. Mulla estava radiante. Um após outro, e às vezes todos juntos, disseram-lhe o que fazer. Nasrudin seguia docilmente as instruções que cada um lhe dava. Quando a construção terminou, ela não se parecia em nada com uma casa.
- Que curioso! - disse Nasrudin - e contudo eu fiz exactamente aquilo que cada um de vocês me tinha dito para fazer!

_________________________________________
Guess what? I have a fever. And the only prescription is more cowbell!
https://www.youtube.com/watch?v=fyV2cPLuFuA

SKAVURSKA!
avatar
Rant Casey
Pontifex Anarco-DadaMestre
Pontifex Anarco-DadaMestre

Mensagens : 2360
Data de inscrição : 14/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Convidado em 16/3/2016, 11:10

Vocês talvez não tem pensado nas consequências práticas.

Joe, você vive no estado mais conservador do país. Não é possível que não tenha nenhuma gaúcha que sirva e queira para se casar. E ainda tem o fator positivo de que elas são muito bonitas.

O que eu estou falando é o seguinte: e se futuramente você mudar de ideia e quiser se casar? Vai fazer isso aos 40, 45 anos? Vai ser um tiozão correndo atrás de menina de 20?

Tem muitos aqui assim e me parece estranho. Nada contra, mas é fica parecendo aquelas relações "sugar daddy" e me parece meio fora de sintonia.

E se não tiver família? Quem vai cuidar de você quando estiver velho? A minha vizinha não tem filhos e ela ouve e vê mal. Ela se arrasta pra chegar na casa dela.

Não é um fim melancólico? Existe alguma vantagem na solidão? Hoje tenho 27 anos, amanhã terei 50. Não deveria me preocupar?

Veja bem, a minha questão é mais prática e menos teórica.

Viver pra sempre como adolescente é uma opção? São pensamentos negros que atualmente circundam minha mente.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Sir D. Fortesque em 16/3/2016, 12:02

Se casar não é da noite pro dia, se não aparece a mulher que vc julga a pessoa certa vai fazer o que ?
O mais saudável ao meu ver é esquecer opinião alheia e fazer aquilo que te faz bem.
avatar
Sir D. Fortesque
Aspirante a Dadaísta
Aspirante a Dadaísta

Mensagens : 489
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Yagami em 16/3/2016, 13:50

Seu tópico me lembrou um diálogo famoso no cinema:

Tyler: Meu pai não foi à faculdade. Então era importante que eu fosse.
Jack: Isso soa familiar.
Tyler: Daí eu me formei, liguei pro meu pai e perguntei: "E agora pai?". Ele disse: "Arranje um trabalho"
Jack: O mesmo comigo
Tyler: Agora tenho 25 e quando faço minha chamada anual: "Pai, e agora?". Ele diz: "Eu não sei, se case."
Jack: Não se pode casar assim. Sou um garoto de 30 anos.
Tyler: Somos uma geração de homens criados por mulheres. Eu me pergunto se outra mulher é a resposta que precisamos


Última edição por Yagami em 16/3/2016, 14:16, editado 1 vez(es)
avatar
Yagami
Newbie
Newbie

Mensagens : 24
Data de inscrição : 30/06/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Joe em 16/3/2016, 13:55

Redondo_Apaixonado escreveu:Vocês talvez não tem pensado nas consequências práticas.

Joe, você vive no estado mais conservador do país. Não é possível que não tenha nenhuma gaúcha que sirva e queira para se casar. E ainda tem o fator positivo de que elas são muito bonitas.

O que eu estou falando é o seguinte: e se futuramente você mudar de ideia e quiser se casar? Vai fazer isso aos 40, 45 anos? Vai ser um tiozão correndo atrás de menina de 20?

Tem muitos aqui assim e me parece estranho. Nada contra, mas é fica parecendo aquelas relações "sugar daddy" e me parece meio fora de sintonia.

E se não tiver família? Quem vai cuidar de você quando estiver velho? A minha vizinha não tem filhos e ela ouve e vê mal. Ela se arrasta pra chegar na casa dela.

Não é um fim melancólico? Existe alguma vantagem na solidão? Hoje tenho 27 anos, amanhã terei 50. Não deveria me preocupar?

Veja bem, a minha questão é mais prática e menos teórica.

Viver pra sempre como adolescente é uma opção? São pensamentos negros que atualmente circundam minha mente.

É um exagero dizer que o RS é o estado mais conservador do Brasil, mas concordo que achar uma boa moça para casar (seja nos pampas ou em outro estado) não é impossível.

O ponto nem é tanto ausência de boas moças. O ponto é que a vida moderna ficou divertida demais para desperdiça-la no casamento.

A tendência dos coroas é manter relacionamentos superficiais entre si. Um tipo de "ficar" da terceira idade, onde os coroas vão para os bailes de terceira idade pegar as coroas. No máximo eles estabelecem um namoro do tipo "eu na minha casa e vc na sua".

Quanto ao resto, essa ideia de "família vai cuidar de mim" é romântica. Na maioria dos casos os familiares te jogam num lar de idosos e se esquecem de vc.

Mas se vc tem boa saúde a tendência é vc se juntar com outros coroas e formar sua turma. Inclusive eu conheço um caso de dois coroas (um viúvo e outro divorciado) que resolveram morar juntos (sem viadagem).

Tanto que é comum ver na mídia reportagens do tipo "a vida começa aos 60" basicamente contando a mesma narrativa. O coroa (ou a coroa) descobriu que casamento é um saco e decidiu virar o Ferris Bueller.

Cresce número de divórcios entre pessoas com mais de 50 anos


http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2012/09/cresce-numero-de-divorcios-entre-pessoas-com-mais-de-50-anos-3900779.html

O surto de desuniões tardias também supera o verificado entre companheiros mais jovens, entre 20 e 49 anos, em uma tendência que segue padrão nacional. Em todo o país, levando-se em conta apenas os casos em que o homem e a mulher estavam acima dos 50, esse tipo de separação cresceu 465%.

O fenômeno é resultado de decisões como a da moradora da Capital Margarete Salgueiro, 63 anos. Pouco depois de completar a quinta década de vida e a terceira de casamento, resolveu recomeçar do zero. Sentindo-se presa em casa, separou-se e começou a trabalhar, para espanto do ex-marido e dos dois filhos. Hoje, trabalha vendendo bolsas, faz faculdade de Direito, adora viajar, e não sente necessidade de um novo relacionamento duradouro.

Quando me separei, minha vizinha chegou a perguntar se eu tinha feito plástica. Mudei de dentro para fora. Antes, eu vivia em uma caixa. Comecei a viver depois dos 50 — revela.


Ponto-chave do link:

Margarete aproveita, hoje, essa liberdade que não desfrutou no passado:

— Levanto da cama na hora em que quero, faço comida se eu quero. Estou na minha. Se pintar alguém para passear ou viajar comigo, tudo bem. Acho que não conseguiria mais morar com alguém.


Dados finais interessantes:


Independência feminina

A dependência financeira do marido era uma das razões para que as mulheres, mesmo infelizes, insistissem no casamento. Ao conquistar cada vez mais espaço no mercado de trabalho, esse fator deixou de existir e facilitou a busca pelo divórcio.

Prolongamento da virilidade masculina
O surgimento de medicamentos destinados a sanar a impotência deram fôlego novo aos homens mais velhos. Nesse caso, quando a mulher não acompanha o revigorado apetite sexual do parceiro, ele pode procurar um novo casamento.

Mudança no perfil demográfico
O número e a proporção de pessoas mais velhas entre a população vem aumentando _ o percentual de idosos dobrou em 50 anos, chegando a 10,8% no país em 2010 _ o que também facilita uma maior quantidade de divórcios tardios. Além disso, as pessoas também estão casando mais tarde do que antigamente.

Diminuição da burocracia

Em 2007, os trâmites para formalizar um divórcio foram simplificados. O divórcio realizado em cartório é muito mais prático do que a antiga separação encaminhada por via judicial. Isso também estimula os casais mais velhos a formalizar o fim da união.


_____

Notem que o item "independência feminina" é uma mão de via dupla. Se fica mais fácil para a mulher, tbm fica melhor para um homem poder sair de um casamento quando a mulher tem sua independência financeira.

O ponto aqui nem é tanto "viver como um adolescente eterno", mas mais "a vida moderna é um parque de diversões". No mundo moderno não dependemos tanto de parentes quanto no passado (até o Ted comenta isso no seu manifesto e cartas). Um idoso hj tem toda uma gama de instituições (como planos de saúde, etc),e arranjos sociais alternativos (grupos de amigos, etc) que eliminam(ou no mínimo diminuem) a necessidade de família e muito mais opções de lazer(gente velha adora se meter em excursão e coisas do tipo).

O lance todo é que hoje as pessoas, independente de idade ou sexo, gozam de uma independência e liberdade que nunca antes existiu. Logo a família se torna uma prisão desnecessária, principalmente se o idoso tem boa saúde e possui recursos financeiros.


Última edição por Joe em 16/3/2016, 14:29, editado 2 vez(es)

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3503
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Joe em 16/3/2016, 14:20

E se vc não está afim de comer coroas quando vc for coroa, Redondo, não se preocupe. Seus problemas acabaram! (jingle das Organizações Tabajara).

Site promove a união de homens de meia-idade com mulheres mais jovens

http://vejario.abril.com.br/materia/web/site-promove-a-uniao-de-homens-de-meia-idade-com-mulheres-mais-jovens?utm_source=facebook&utm_medium=social-org&campaign=2016-06-03-RPVejaRioEntrevista

É como eu falei. O próprio sistema inventa novas formas de organização social que tornam a família ou o amor romântico obsoleto.

_________________________________________
""Ain't nothing sadder than an outdoor cat thinks he's an indoor cat."
avatar
Joe
SATANISTA

Mensagens : 3503
Data de inscrição : 01/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Rant Casey em 16/3/2016, 15:13

Redondo_Apaixonado escreveu:Vocês talvez não tem pensado nas consequências práticas.

Joe, você vive no estado mais conservador do país. Não é possível que não tenha nenhuma gaúcha que sirva e queira para se casar. E ainda tem o fator positivo de que elas são muito bonitas.

O que eu estou falando é o seguinte: e se futuramente você mudar de ideia e quiser se casar? Vai fazer isso aos 40, 45 anos? Vai ser um tiozão correndo atrás de menina de 20?

Tem muitos aqui assim e me parece estranho. Nada contra, mas é fica parecendo aquelas relações "sugar daddy" e me parece meio fora de sintonia.

E se não tiver família? Quem vai cuidar de você quando estiver velho? A minha vizinha não tem filhos e ela ouve e vê mal. Ela se arrasta pra chegar na casa dela.

Não é um fim melancólico? Existe alguma vantagem na solidão? Hoje tenho 27 anos, amanhã terei 50. Não deveria me preocupar?

Veja bem, a minha questão é mais prática e menos teórica.

Viver pra sempre como adolescente é uma opção? São pensamentos negros que atualmente circundam minha mente.

O Rio Grande do Sul não é tão conservador assim. O Tradicionalismo não é muito mais do que estético.

***

Tem uma coisa meu caro... essa não é uma decisão que se toma assim, no abstrato.

Tu não decides casar e depois busca um par de pernas. Isso é receita pro desastre.

Se nem conheces a noiva, como pode decidir casar? Antes de pensar nisso vai viver tua vida. Conheça pessoas. Se surgir uma mulher incomum, que te mereça, aí sim tu podes começar a pensar em casar.

E mesmo assim, como disse o Joe, casamentos não são nenhum tipo de casulo para te proteger de vicissitudes da vida. Ao contrário, em casando, teus problemas só aumentarão. Não é nada fácil acomodar as vontades de DUAS pessoas. Casar porque acha que deve, ou porque parece um "Plano de Saúde Sentimental" é uma imensa mancada. Deixe pra tomar uma decisão tão séria se for com alguém em quem tu confias, alguém que desperta em ti a vontade de resolver todos os problemas que você não teria se fosse solteiro.

Quanto a isso demorar... veja bem... você nem sequer está namorando. Como pode conhecer a mulher certa? Quanto mais tempo ficar distante das mulheres, menor a chance de conhecer uma que te inspire a casar. Meu conselho é: pare de teorizar sobre a terceira guerra mundial e vai ter com as mulheres. Se conheceres alguma que pareça boa o suficiente, aí sim, se preocupe em casar ou não.

Se eu fosse arriscar um palpite seria que a tua angústia não e tanto em relação a casar ou não, mas em olhar pra frente, ver a vida como uma sequência de anos que vão se acrescentando até a morte, e perceber que não se continuar a viver como está vivendo agora, não vai realizar muito mais do que realizou até agora. É uma conclusão saudável até certo ponto, porque fazer a mesma coisa esperando resultado diferente é coisa de abilolado. Mas acalma-te. Se pensar bem há dez anos atrás não estavas vivendo como agora. As coisas mudam. O ritmo de vida muda. As vontades mudam. E essas mudanças acompanham outras.

Cada coisa ao seu tempo, Redondo. Plante as condições para poder fazer o que quiser, e aí então veja o que tu realmente queres. Se continuar não querendo casar, não será o primeiro nem o último solteirão da Terra.

_________________________________________
Guess what? I have a fever. And the only prescription is more cowbell!
https://www.youtube.com/watch?v=fyV2cPLuFuA

SKAVURSKA!
avatar
Rant Casey
Pontifex Anarco-DadaMestre
Pontifex Anarco-DadaMestre

Mensagens : 2360
Data de inscrição : 14/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por El Topo em 17/3/2016, 17:46

A maioria das gurias hoje não está disposta a entrar em um casamento sem pensar em vantagens.

Fora que a maioria das mulheres estão chatas. Acham tudo infantil, depois de um tempo passam a não aturar o comportamento masculino não adestrado, enfim...

Na maioria dos casos, das duas uma:

- Você aceita um relacionamento em paz, porém com uma mulher que tenta te dominar a todo custo.

- Põe o pau na mesa. Dominar o relacionamento depois de um tempo é conflito. Mulher causa, é ciumenta e até o maior dos malandrões fica de saco cheio e nessas horas, mais pau na mesa pra não entrar na coleira.

Não adianta, mulher causa.

Maioria dos casos, bro...

_________________________________________
"Life is just a candle, and a dream must give it flame."
avatar
El Topo
Arcaico
Arcaico

Mensagens : 1069
Data de inscrição : 30/06/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por El Topo em 17/3/2016, 17:53

Eu já conversei com a minha guria.

Se casarmos e após um tempo ficarmos de saco cheio, antes de assinar o divórcio que é caro e demorado, ela tem carta livre assim como eu pra transar com quem bem quiser e entender.

As pessoas tem um sentimento de posse sobre as outras tão grotesco que eu até entendo (porque eu sou assim) porque muitos decidem ficar um bom tempo vivendo só na putaria.

Vida é uma só, caralho. O negócio é aproveitar, relaxar a mente, trepar bastante em lugares inusitados. Comer o cu da sua guria, gozar na boquinha e meter tapas na bunda enquanto puxa os cabelos dela, falar putaria no telefone, Whatsapp, filmar amateur... Ser putão e ligeiro. Se ela ficar de cuzice após um tempo tu pula fora e parte pra outra.

Nascemos para viver relacionamentos egoístas.

E mulheres no geral (in)felizmente prefere caras assim, mais egoístas, bem humorados, safados e cara de pau.

Mané paga pau de Clint Eastwood lifestyle com cara de poucos amigos e pudico fica na punheta até o final da existência ou é fadado a levar corno da mulher com o vagabundo do trampo dela.

_________________________________________
"Life is just a candle, and a dream must give it flame."
avatar
El Topo
Arcaico
Arcaico

Mensagens : 1069
Data de inscrição : 30/06/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Convidado em 21/3/2016, 08:47

Vou ter que refletir sobre o que foi postado aqui.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Família e filhos.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum